Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Kaká cresce e tenta fazer sombra a Messi nas semifinais da Liga

Meia brasileiro engata bons jogos como titular do Real Madrid, time que sonha em interromper domínio do arquirrival

iG São Paulo |

À exceção dos torcedores de Chelsea e Bayern de Munique, o mundo do futebol já vislumbra uma final histórica de Liga dos Campeões, envolvendo os arquirrivais Barcelona e Real Madrid.

O jogo decisivo está marcado para o dia 19 de maio, na Alemanha, mas antes os dois times precisam superar seus rivais na fase semifinal. O Real encara o Bayern, enquanto o Barça pega o Chelsea.

Veja mais: Confira a tabela das semifinais da Liga e vote nos favoritos

AFP
Kaká agradece aos céus após marcar contra o APOEL
Se o time catalão, atual campeão da Liga e do Mundo, tem no argentino Messi seu grande nome, o Real Madrid vê no crescimento de Kaká uma promissora arma para encerrar o domínio do rival. O meia brasileiro, no Santiago Bernabéu desde 2009, jamais se firmou por lá, deixando o português Cristiano Ronaldo isolado como astro da equipe.

Leia ainda: Kaká celebra boa fase e crê em vaga na decisão

O técnico português José Mourinho vai aos poucos abandonando a cautela e passando a dar mais responsabilidades a Kaká. O ex-são-paulino jogou foi bem nas duas partidas contra o APOEL, pelas quartas de final. Na ida, no Chipre, começou no banco, mas entrou no segundo tempo e deixou sua marca. No jogo da volta, na última quarta-feira, foi titular e marcou um golaço, além de dar uma assistência.

"Estou crescendo e melhorando no melhor momento da temporada. Foi uma outra partida na qual eu pude ajudar a equipe fazendo gol e dando assistência. Estou feliz", comemorou o brasileiro.

Messi, por sua vez, segue de vento em popa ruma à consagração como um dos maiores jogadores da história. No polêmico jogo contra o Milan, na última terça-feira, não só classificou o Barcelona como chegou aos 14 gols na Liga dos Campeões 2012.

Veja também: Messi marca dois e iguala recorde de brasileiro

Tal marca iguala o recorde do ex-atacante brasileiro José José João Altafini, o Mazolla, que marcou 14 gols na edição 1962/63, pelo Milan.  

 

Compare Messi x Kaká na Liga 2012

Veja algumas estatísticas dos dois craques

Gerando gráfico...
Uefa, Barcelona e Real Madrid
null

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG