Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Juventus vence Genoa fora de casa e chega a nove jogos de invencibilidade no Italiano

Time de Turim contou com má atuação do goleiro Eduardo, que marcou um gol contra, para vencer

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859450552&_c_=MiGComponente_C

Com a participação do goleiro Eduardo nos dois gols marcados no primeiro tempo, a Juventus venceu o Genoa por 2 a 0, fora de casa, neste domingo, pelo Campeonato Italiano, e alcançou o seu nono jogo de invencibilidade na competição (cinco vitórias e quatro empates). Os gols da partida forma marcados por Eduardo (contra) e Krasic, aos 17 e aos 23 minutos da primeira etapa, respectivamente.

Com o resultado, a Velha Senhora foi aos 23 pontos e agora ocupa, ao menos provisoriamente, a terceira colocação do Campeonato Italiano. O triunfo deste domingo manteve a distância de seis pontos da Juve para o líder Milan, que também venceu nesta rodada (1 a 0 sobre a Fiorentina, no sábado). O Genoa, por sua vez, se manteve com 17 pontos ganhos e pode perder algumas posições ao término da rodada.

No próximo sábado, às 17h45 (de Brasília), a Juventus recebe a Fiorentina pela 14ª rodada do Campeonato Italiano, enquanto o Genoa visita o Brescia no domingo, às 12h (de Brasília).

O jogo
Aproveitando o mando de campo, o Genoa tentou pressionar nos primeiros minutos da partida. Entretanto, a Juventus conseguiu equilibrar as ações ofensivas aos poucos, e contou com a sorte para abrir o placar.

Aos 17 minutos, após cruzamento na área, a bola sobrou para Marchisio, que chutou de primeira, mas não pegou em cheio a finalização. Entretanto, contando com um desvio na zaga do Genoa, a bola bateu caprichosamente na trave e, na volta, acabou batendo na cabeça do goleiro Eduardo, que estava caído, e foi parar no fundo do gol. Para o juiz da partida, o tento foi anotado para o arqueiro português.

O gol desestabilizou o time da casa, que acabou sofrendo novo golpe logo em seguida. Aos 23 minutos, o meia Krasic fez bonita jogada pela direita e bateu cruzado. Contando com um desvio do goleiro Eduardo, a bola correu devagar, acabou batendo na trave e novamente foi para o gol: 2 a 0 para a Juventus.

Buscando a reação, o Genoa teve um gol bem anulado aos 33 minutos, uma vez que o atacante Luca Toni usou a mão para tentar ludibriar a arbitragem, mas foi punido corretamente com um cartão amarelo.

No segundo tempo da partida a Juventus se aproveitou da vantagem no placar e se fechou na defesa, e tentando explorar os contra-ataques. O Genoa, por sua vez, tentou pressionar o adversário, e fez duas modificações logo no intervalo. As tentativas do time mandante, no entanto, não deram resultado e o placar do jogo não foi alterado na etapa final.

Leia tudo sobre: futebol internacionalitaliano 2010itália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG