Tamanho do texto

Equipe abriu 2 a 0 em casa, contra o Chievo, mas vacilou no segundo tempo e sofreu dois gols

Uma pane que durou dois minutos fez a Juventus perder uma grande oportunidade de brigar até por uma vaga na Liga dos Campeões na reta final do Campeonato Italiano. Em Turim, os anfitriões venciam o Chievo por 2 a 0, mas levaram dois gols entre os 23 e os 24 minutos do segundo tempo e estão fora até da zona de classificação para a Liga Europa. 

A tradicional equipe alvinegra segue estacionada na sétima posição, agora com 57 pontos. A Lazio, que está em sexto e seria a última classificada para a Liga Europa, tem 60 pontos. Já a Udinese, quarta colocada que estaria na Liga dos Campeões, soma 62 pontos. Restam apenas duas rodadas para a Juve tirar a distância de cinco pontos para a faixa que dá vaga no principal torneio do continente.

E o time fez durante boa parte da partida desta segunda-feira o suficiente para esta desvantagem ser de três pontos. Logo aos 12 minutos, Pepe sofreu pênalti que Del Piero converteu, estabelecendo rapidamente no placar uma superioridade que foi traduzida em campo durante toda a primeira etapa.

Del Piero em ação no empate da Juventus
Getty Images
Del Piero em ação no empate da Juventus
O segundo gol, que já poderia ter saído antes do intervalo, veio aos dez minutos do segundo tempo, com Matri aproveitando excelente assistência de Del Piero. O estádio em Turim preparava festa, a expectativa era até de que uma goleada consolidaria a esperança de a Juventus, mesmo em temporada a ser esquecida, poderia ficar entre os quatro primeiros.

Mas os anfitriões, que não tinham Felipe Melo , vetado pelo departamento médico, acreditaram demais que a vitória estava garantida. E foram punidos. Aos 23 minutos da etapa final, Uribe recebeu na área e recolocou o antes morto Chievo na briga. No minuto seguinte, Sardo aproveitou rebote de um chute que carimbou a trave de Buffon para empatar.

O estrago estava feito. A Juventus que tocava a bola como queria teve que apostar só nos cruzamentos, tanto que Luca Toni entrou em campo para aproveitá-los. Nos minutos finais, Chiellini até acertou a trave ao desviar um levantamento com o peito.

A sequência do lance, porém, quase aumentou as lamentações em Turim pela ida ao ataque sem organização. No campo de defesa, o goleiro Buffon foi até a lateral cortar um contra-ataque, falhou e a bola sobrou limpa para Uribe dominar na área e virar. Mas o jogador do Chievo chutou fraco demais, e a finalização virou um passe para Marchisio, único à frente do gol na jogada.

Abatidos pelo empate por 2 a 2, os atletas da Juventus ainda tiveram que aguentar a comemoração do Chievo. Com o ponto somado em Turim, os visitantes do jogo desta segunda-feira chegaram a 43 no Campeonato Italiano e já não têm mais possibilidades de voltar à segunda divisão - a equipe divide a 12ª colocação com o Catania.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.