Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Juventus é multada em mais de R$70 mil por grito de guerra racista

Time já recebeu várias penalizações pelo mesmo motivo

Reuters |

Getty Images
Fabio Quagliarella, do Juventus, disputa a bola com Modibo Diakite (esq.) and Lorik Cana (dir.)
A Juventus , líder do Campeonato Italiano, foi multada em 30 mil euros (R$ 72 mil) e recebeu uma advertência sobre a conduta futura de seus torcedores depois de eles terem cantado gritos de guerra racistas durante a vitória de quarta-feira por 2 x 1 em casa contra a Lazio.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Os gritos foram ouvidos em cinco ocasiões durante a partida, mas o clube e outros torcedores tentaram silenciar os infratores, disse a Série A italiana em comunicado.

Leia mais: Porto é multado por conduta racista de seus torcedores

O time de Turim é frequentemente advertido por causa de episódios racistas de sua torceida. Em janeiro, a vítima foi o ex-palmeirense Pablo Armero, atualmente na Udinese, o que resultou em uma multa de 10 mil euros. Em março, foi a vez de jogadores do Milan ouvirem ofensas racistas, e a multa dobrou, 20 mil euros.

Num passado um pouco mais distante, há três anos, a Juve foi forçada a jogar uma partida de portas fechadas há três anos, depois de ofensas racistas contra o então jogador da Inter de Milão, Mario Balotelli .

 

 *Com Reuters

Leia tudo sobre: futebol mundialjuventusracismocampeonato italiano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG