Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Juventude vence e complica a Portuguesa na Copa do Brasil

Equipe gaúcha fez valer o fator casa e abriu boa vantagem contra os paulistas em jogo válido pela 2ª fase da Copa do Brasil

Gazeta |

AE
Jonatas marcou os dois gols da vitória do Juventude sobre a Portuguesa
Em um jogo entre duas equipes que vivem momentos de crise, o Juventude levou a melhor. O time da Serra Gaúcha bateu a Portuguesa por 2 a 0, em Caxias do Sul. Ambos os gols da partida foram de Jônatas Belusso, que chegou a cinco marcados e é o artilheiro da Copa do Brasil.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Com o resultado, o time gaúcho agora pode perder por dois gols de diferença no jogo da volta, em São Paulo, desde que marque pelo menos um gol. Já a Lusa só segue adiante na competição se vencer por três ou mais gols de diferença no Canindé. Quem vencer enfrenta Bahia ou Remo nas oitavas de final.

Leia mais: Palmeiras leva susto no começo, busca a virada e elimina jogo da volta

Antes da definição da vaga, que ocorre na quinta-feira que vem, as equipes entram em campo pelos respectivos estaduais. No Gauchão, o Juventude encerra sua participação cumprindo tabela diante do Santa Cruz-RS, no Alfredo Jaconi, domingo. Já a Portuguesa, que ainda pode ser rebaixada no Paulistão, joga pela penúltima rodada do torneio no sábado, em casa, diante do Linense.

O jogo
O Juventude começou a partida em cima. Logo aos seis minutos, o zagueiro Ricardo Filho subiu mais que todo mundo em cobrança de escanteio, mas jogou por cima. A jogada deu uma falsa impressão de que os gaúchos dominariam os minutos iniciais, mas foi a Portuguesa que passou a criar perigo.

Confira ainda: Botafogo vira sobre o Guarani, mas não elimina o jogo de volta

Aos 19, porém, a sorte viraria. Nem fez grande jogada e serviu Jônatas Belusso, que foi derrubado na área. Pênalti, que o próprio Belusso converteu, marcando seu quarto gol na Copa do Brasil: 1 a 0. Três minutos após o gol, o volante Henrique deu um cotovelaço em Ricardo Filho e foi expulso, deixando a Lusa com um homem a menos, e em desvantagem numérica. O primeiro tempo terminou com pressão gaúcha.

O segundo tempo foi marcado pela precipitação do Juventude em tentar aumentar a vantagem. A equipe da Serra Gaúcha passou a errar passes, não conseguindo fazer valer na prática a vantagem numérica. A Portuguesa é quem levou perigo aos 22: Ananias achou Guilherme livre, mas Follmann fez grande defesa, salvando o time gaúcho.

No entanto, assim como no primeiro tempo, foi no melhor momento da Lusa que o Juventude marcou. Aos 38, Belusso foi lançado, entrou livre na área e marcou 2 a 0 com um chute rasteiro. Cinco minutos depois, o goleiro paulista evitou o terceiro gol salvando nos pés do artilheiro do Ju. Aos 48, Belusso perdeu nova chance de marcar o terceiro. No rebote, Morais dividiu com o zagueiro da Lusa e a bola saiu.

Leia tudo sobre: Copa do Brasil 2012JuventudePortuguesa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG