Torcida estava impedida de entrar no estádio, após briga no Gre-Nal, por três meses

Polícia Militar teve trabalho no Olímpico no jogo entre Grêmio e Inter
Gazeta Press
Polícia Militar teve trabalho no Olímpico no jogo entre Grêmio e Inter
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul decidiu, na noite desta quarta-feira, liberar o ingresso da torcida Geral do Grêmio no estádio Olímpico. Punida após briga no clássico Gre-Nal , no dia 28 de agosto, no primeiro turno do Brasileirão, o grupo estava proibido de usar faixas e instrumentos musicais por três meses. A medida vale inclusive para esta quinta-feira, às 20h30min, quando o time gaúcho recebe o Botafogo .

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Foi o Ministério Público que requereu o arquivamento do processo ao alegar que o Juizado Especial Criminal (Jecrim) não tinha competência para julgar o caso. A decisão foi tomada pelo juiz Amadeo Henrique Ramella Butteli, do 2º Juizado Especial Criminal do Foro Central de Porto Alegre. Ele entendeu ser necessária uma investigação maior sobre o caso.

A proibição de frequentar o estádio, dada a um grupo de pessoas identificadas na confusão, persiste. Não há prazo para o término desta apuração maior solicitada pelo magistrado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.