Tamanho do texto

Marcelo Guimarães Filho foi destituído da presidência do Bahia devido a supostas irregularidades na eleição do ano passado

Marcelo Guimarães Filho foi destituído da presidência do Bahia . Na noite de terça-feira, o juiz Paulo Albiani Alves determinou a anulação das eleições ocorridas em dezembro do ano passado, como publicado no Diário de Justiça Eletrônico. O advogado Carlos Rátis foi nomeado interventor do clube. Os dirigentes podem recorrer da decisão da Justiça.

Marcelo Guimarães Filho terá que deixar o cargo
Site oficial
Marcelo Guimarães Filho terá que deixar o cargo
A saída do presidente acontece devido à denúncias de irregularidades na última eleição do clube, realizada no final do ano passado. No dia 6 de dezembro, o pleito já havia sido anulado por conta de supostas irregularidades na formação do Conselho Deliberativo. Na época, os dirigentes do clube baiano conseguiram derrubar a liminar contra as eleições.

Natural de Minas Gerais, Rátis é Diretor-Geral da Escola Superior de Advocacia da Bahia e Conselheiro Tutelar da OAB/BA. A função dele no clube será de convocar novas eleições para o Conselho Deliberativo do clube, para o Conselho Fiscal e, por fim, organizar um novo pleito para presidente, visando o próximo triênio.

Segundo a decisão divulgada nesta terça-feira, o interventor terá direito a um salário mensal de R$ 60 mil. "Em decorrência da notória qualidade técnica e ética do advogado, Dr. Carlos Ratis, para tanto, fixo a remuneração mensal do referido causídico no importe de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais). Tal verba monetária deverá ser paga proporcionalmente ao ilustre causídico no período de efetiva permanência na função de administrador/interventor da parte ré", diz a sentença.

Após a divulgação da decisão do juiz, Marcelo Guimarães Filho se pronunciou na sua conta do Twitter. "Surpreendido mais uma vez com o desejo da oposição de prejudicar o Bahia!!! Bahia amanhece hoje sem diretoria!", afirmou o cartola. "Como eles tentam, a qualquer custo, prejudicar ao máximo o clube! Se tem algo contra mim, tudo bem, mas não prejudiquem o Bahia!!!!", completou.

A decisão foi anunciada justamente na semana em que o Bahia se prepara para o clássico Ba-Vi, marcado para o próximo domingo , no Barradão.