Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Juninho Pernambucano quer voltar para o Vasco ou encerra carreira

Aos 36 anos, jogador está desanimado no Al-Gharafa, do Qatar. Sem proposta, anuncia que pode parar em abril

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O Vasco pode ser a última escala na carreira de Juninho Pernambucano. Aos 36 anos, o jogador está disposto a encerrar a carreira em abril, tão logo encerre seu compromisso com o Al-Gharafa, do Qatar. Isso se o clube de São Januário não oficializar a oferta feita há uma semana pelo jogador. O iG apurou que o meia já definiu o seu futuro: ou volta para o Vasco por um contrato até dezembro ou se despede do futebol daqui a dois meses.

De acordo com o staff do jogador, Juninho teve proposta do começo do ano do futebol inglês, mais precisamente o Aston Villa. Mas a negociação emperrou. Desanimado no atual clube, não pensa em renovar seu compromisso com o Al-Gharafa. Distante do charme de praças como a Europa e o futebol brasileiro, o meia vem perdendo a motivação. Já não encontra tanto entusiasmo nas rotinas de treinos e jogos. Sem falar na falta de visibilidade do futebol nos Emirados Árabes.

Na última quinta-feira, ele recebeu a visita, em Recife, onde curte férias com a família, do presidente do Vasco, Roberto Dinamite, e de Marcelo Ferreira, representante da Penalty, fornecedora de material esportivo do clube cruzmaltino e responsável pelos salários do jogador. O Vasco não gastaria um centavo na operação.

Juninho, na oportunidade, postou em seu Twitter que o encontro com Dinamite foi proveitoso. O jogador teve propostas para voltar ao Lyon, da França. O convite é para um cargo executivo, mas o meia descartou. Seu pensamento, hoje, é voltar a vestir a camisa, já que, além da ligação emocional, foi o único clube a lhe fazer uma proposta oficial. Juninho teme, também, encerrar a carreira esquecido no Qatar.
 

Leia tudo sobre: vascojuninho pernambucano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG