Meia vascaíno é grande admirador do goleiro são-paulino, seu adversário de domingo, pelo Brasileiro

Juninho Pernambucano foi companheiro de Ceni na Copa de 2006
AE
Juninho Pernambucano foi companheiro de Ceni na Copa de 2006
Juninho Pernambucano escapou do duelo com Paulo Baier há duas semanas, na partida contra o Atlético-PR . Excelentes cobradores de falta, a lesão do camisa 10 do time paranaense impediu que o torcedor assistisse a uma instigante disputa de bola parada. No domingo, no entanto, Juninho terá pela frente um jogador mais emblemático. Na verdade, um goleiro. Contra Rogério Ceni , do São Paulo , autor de 101 gols na carreira, o craque de São Januário sabe que será uma briga boa. Mas espera levar a melhor.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Os dois estiveram juntos na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. Durante a convivência, Juninho aprendeu a admirar o camisa 1 do São Paulo. Além de considerá-lo completo, como se diz na gíria, debaixo dos paus, Ceni, segundo o meia, tem um comportamento exemplar fora de campo.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

"Admiro muito o Rogério. Como cobrador de falta, está entre os melhores do mundo. Como goleiro, é um dos melhores do Brasil. Rogério é talentoso no gol, muito técnico, se especializou em cobrar faltas e por isso está entre os melhores do mundo", destacou Juninho.

Em quatro jogos disputados desde que voltou ao Brasil, Juninho disputou quatro partidas: marcou um gol de falta e de seus pés saíram gol contra Internacional e Bahia. No empate contra o time baiano, o meia admite que não estava inspirado, apesar de ter cobrado a falta que resultou no gol de Elton, nos acréscimos.

"Será um duelo interessante, sim. Espero que desta vez meu pé esteja calibrado".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.