Tamanho do texto

Apesar de ter sido responsável pelo gol do Goiás no empate de domingo, goleiro foi um dos grandes destaques da boa campanha do Corinthians no Brasileiro

O goleiro Júlio César estava com um semblante tranquilo no retorno do Corinthians para São Paulo, nesta segunda-feira, um dia depois de terminar o Campeonato Brasileiro na terceira colocação. Nem o fato de falhar na última rodada abalou o prata da casa.

"Vou ficar marcado por causa de um lance? É claro que isso não vai ser problema. Tive muitos outros jogos bons no campeonato. Não gosto de errar nem fico contente com isso, mas os grandes goleiros também falham", defendeu-se Júlio César, que repôs mal a bola aos 19 minutos do primeiro tempo e permitiu que o Goiás abrisse o placar no empate por 1 a 1.

Mesmo que tivesse vencido, contudo, o Corinthians não seria campeão brasileiro porque o Fluminense derrotou o Guarani no Rio de Janeiro. Mas a equipe de Tite não ficaria na terceira posição, e sim com o vice-campeonato, conseguindo uma vaga direta na Copa Libertadores da América.

Para Júlio César, o Corinthians precisa esquecer a temporada que acabou no domingo e começar a se preocupar com o próximo ano. "Vamos trabalhar bastante a cabeça porque o time é bom. Alguns jogadores estão saindo, mas outros vão chegar e estaremos mais fortes para 2011", bradou o goleiro.

Júlio César se firmou como titular do Corinthians durante o Campeonato Brasileiro. Após a polêmica saída de Felipe para o Sporting Braga, a diretoria chegou a contratar o paraguaio Aldo Bobadilla como peça de reposição, porém o prata da casa assegurou o seu espaço na equipe com boas atuações.