Goleiro disse que bola no gol era difícil, mas que não teve culpa. Torcida pediu Renan

O Corinthians venceu o Vasco nesta quarta-feira , mas por pouco não viu seu triunfo ser ameaçado. Logo aos dois minutos de jogo, o meia Juninho Pernambucano , que fazia sua reestreia pelo Vasco, acertou um chute forte de falta que enganou o goleiro corintiano Júlio César . A bola quicou pouco antes de chegar ao gol e enganou o goleiro. Para ele, contudo, não houve falha.

Momento do gol do Vasco. A bola quicou e enganou o goleiro Júlio César
AE
Momento do gol do Vasco. A bola quicou e enganou o goleiro Júlio César

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

“Para ser sincero, eu sempre sou o primeiro a assumir quando erro e para mim não errei. Eu mantive a calma por que isso é coisa do jogo”, disse o goleiro, que deu calafrios na torcida no segundo tempo. Ele chegou a tomar uma bola na trave.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

“Ele (Juninho) bateu muito bem, e a bola quicou e subiu mais que o esperado. Ele é um belo batedor e a bola quicou diferente e entrou”, comentou o goleiro que se deu nota 5,5 por sua atuação. "Assim como na Bahia eu não ganhei sozinho pelas defesas que eu fiz, aqui não perderia sozinho se tivéssemos perdido", completou.

No final do jogo, quando o Vasco pressionava pelo empate, o goleiro ainda teve de ouvir pelos primeiros pedidos por Renan, goleiro de 20 anos recém-contratado ao Avaí. “Eu estou calmo. Ganhamos o jogo e isso é o mais importante”,comentou o goleiro, que comemorou a vitória no primeiro encontro com o meia vascaíno no Brasileiro.

“Ainda bem que passamos bem pelo primeiro encontro com ele. Ele dá muito trabalho e com certeza vai incomodar muitos goleiros por aí”, disse o corintiano, que voltou a sofrer um gol depois de três jogos. O Corinthians ainda tem a melhor defesa do torneio com quatro gols sofridos.

Tite preferiu não tecer comentários mais densos sobre a atuação do goleiro, mas mostrou que ele tem crédito. "Todos têm uma noite que não é a ideal. Mas ele foi bem", comentou o técnico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.