Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Júlio César ignora pressão antes do possível 100º gol de Ceni

Goleiro do Corinthians minimiza chance de ser ele o escolhido para sofrer o gol histórico do são-paulino

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O clássico entre São Paulo e Corinthians, domingo, em Barueri, ganhou um ingrediente extra depois que Rogério Ceni marcou o seu 99º gol pelo time do Morumbi na derrota por 3 a 2 para o Paulista, na quarta-feira. A possibilidade de o gol de número 100 de Ceni acontecer no clássico, porém, não mexe com o sono do goleiro Júlio César, titular corintiano.

AE
Julio César minimiza possibilidade de sofrer 100º gol de Rogério Ceni

"Tenho que esquecer o 100º gol do Rogério. Seria muita vaidade minha ficar preocupado em não tomar o gol 100 dele antes de pensar em ajudar o meu time. Torço para que esse gol saia, mas só daqui um mês. Um dia vai alcançar e vai ser importante, mas que não seja no domingo", disse o goleiro corintiano após a vitória por 3 a 0 do Corinthians sobre o Oeste na quarta-feira.

Júlio César não quer ser lembrado como é Andrada, goleiro argentino do Vasco que sofreu o milésimo gol de Pelé em 1969. "A minha motivação para o clássico é jogar um São Paulo e Corinthians por si só. Isso já é motivante o bastante e não preciso de nada extra para querer entrar em campo e fazer meu melhor para ajudar o Corinthians", disse Júlio César.

"Vou trabalhar para não sofrer o gol do Rogério e me esforçar para que isso não aconteça, mas não posso pensar somente nisso. Tenho que me concentrar para o jogo inteiro", completou o goleiro, que sofreu apenas oito gols em 15 jogos do Paulistão. O Corinthians tem a segunda melhor defesa do campeonato atrás apenas do Palmeiras, que sofreu seis gols.

Leia tudo sobre: corinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG