Tamanho do texto

Goleiro brasileiro rebateu uma bola no último minuto da partida e o atacante Mario Gomez marcou o gol do 1 a 0 para os alemães

No aguardado confronto entre Inter de Milão e Bayern de Munique , o primeiro das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, quem levou a melhor foi o time alemão, que aproveitou falha do goleiro Júlio César no fim para balançar as redes com Mario Gomez e vencer por 1 a 0, em Milão.

A partida marcou o reencontro das equipes que decidiram a edição passada do torneio continental. Na ocasião, em duelo único disputado em Madri, a Inter se sagrou campeã ao vencer por 2 a 0, com dois gols do atacante argentino Diego Milito, agora ausente devido a contusão.

O segundo jogo das oitavas será em 15 de março, em Munique. Com o revés em casa, a Inter só avança de fase com vitória por dois gols de diferença. Ao Bayern, bastará qualquer empate ou até uma derrota por um gol de diferença desde que também balance a rede adversária.

Lúcio se livra da marcação de Mario Gomez, herói do Bayern de Munique na partida na Itália
AP
Lúcio se livra da marcação de Mario Gomez, herói do Bayern de Munique na partida na Itália
O jogo
Nesta quarta, os treinadores apostaram em homens isolados no centro da área. Leonardo formou a Inter com Eto'o sendo servido por Stankovic e Sneijder, e Van Gaal abriu Robben e Ribéry pelas laterais do Bayern para municiar o isolado Mario Gómez diante do goleiro Júlio César.

O resultado foi um primeiro tempo sem muitas chances de gol para as duas equipes. Visitante, o Bayern chegou perto em arremates de longa distância do volante brasileiro Luiz Gustavo e em um cabeceio perigoso de Ribéry, que não inaugurou o placar graças ao travessão italiano.

Com menor posse de bola até o intervalo de jogo, a Inter só assustou efetivamente Kraft em um dos raros momentos em que Eto'o se viu livre de marcação. O atacante recebeu a área, girou e chutou cruzado, mas o arqueiro rival se esticou e fez bela defesa com a mão esquerda.

A exemplo da etapa inicial, o Bayern começou o segundo tempo com maior posse de bola, mas foi recuando aos poucos diante da ofensiva italiana. Em um rápido contra-ataque, o holandês Robben fez fila na defesa da Inter e finalizou na trave de Júlio César.

Jogando em casa e buscando uma vitória, a equipe italiana assutou em dois bons lances. Sneijder invadiu a área alemã e chutou cruzado para linda defesa do jovem Kraft. Na sequência, em cobrança de escanteio, de novo o goleiro do time de Munique brilhou após cabeçada à queima roupa do brasileiro Thiago Motta.

A pressão era da Inter, enquanto o Bayern saía nos perigosos contra-ataques. E foi num deles que a equipe visitante resolveu a partida. Aos 44 minutos, Júlio César espalmou chute forte de Robben nos pés de Mario Gómez, que não desperdiçou e garantiu a vitória alemã.

FICHA TÉCNICA
INTER DE MILÃO 0 X 1 BAYERN DE MUNIQUE

Local : Estádio San Siro, em Milão (ITA)
Data : 23 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário : 16h30 (horário de Brasília)
Árbitro : Viktor Kassai (HUN)
Assistentes : Gabor Erös e György Ring (ambos HUN)
Cartões amarelos: Ribéry e Luiz Gustavo (Bayern de Munique); Zanetti, Sneijder e Thiago Motta (Inter de Milão)

GOL :
BAYERN: Mario Gomez, aos 44 minutos do segundo tempo

INTER DE MILÃO : Júlio César; Maicon, Ranocchia (Kharja), Lúcio e Chivu; Cambiasso, Thiago Motta, Zanetti, Stankovic e Sneijder; Eto'o. Técnico : Leonardo.

BAYERN DE MUNIQUE : Kraft; Lahm, Tymoshchuk, Badstuber e Pranjic (Breno); Luiz Gustavo, Schweinsteiger, Robben, Müller e Ribéry; Mario Gómez. Técnico: Louis van Gaal

Veja as imagens dos jogos desta quarta-feira pela Champions :

*Com Gazeta Esportiva

    Leia tudo sobre: Bayern de Munique