Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Júlio César e Deola enaltecem rivalidade saudável em parceria

Programa "Jogando pelo Meio Ambiente" passou a contar com clubes do Palestra Itália e do Pq. São Jorge

Gazeta |

Nesta segunda-feira, foi oficializada uma nova parceria entre Corinthians e Palmeiras no projeto "Jogando pelo Meio Ambiente", que visa o plantio de árvores a cada jogo e gol marcado pelas equipes. Entrando nesta iniciativa a partir deste ano, o clube do Palestra Itália terá como seu representante o goleiro Deola, ao lado do arqueiro rival Júlio César, substituto de William ex-zagueiro e capitão do clube do Parque São Jorge.

Em sua segunda edição, o projeto promove o plantio de 100 árvores a cada jogo disputado pelas duas equipes e mais 100 por gols marcados ao longo de suas campanhas na temporada 2011.

Com a entrada do Palmeiras, o "Jogando pelo Meio Ambiente" contará com novidades. A cada pênalti defendido por um dos goleiros, outras 200 mudas serão plantadas em uma reserva ambiental localizada na cidade de Salto do Pirapora, no interior do estado. Deola ainda propôs o plantio de mais 100 árvores caso um dos dois goleiros não sofra gols em seus jogos.

"Esta causa é nobre, se não fosse, nós não participaríamos. O mundo precisa de iniciativas como esta. Para nós goleiros, nossa maior vitória é não tomar gols, então acredito que o Júlio também aceite este meu pedido de plantarmos mais 100 árvores caso não tomemos nenhum gol", opinou Deola. "É uma disputa saudável, isso pode enriquecer nossa rivalidade", encerrou.

Pensamento parecido tem o defensor do Corinthians, que após a saída do antigo capitão da equipe, o zagueiro William, assumiu o cargo de representante da equipe no projeto. "Conversei pessoalmente com o William e me identifiquei rapidamente com este assunto. Espero que eu consiga ajudar a conscientizar a população em pequenos detalhes que farão a diferença no futuro", explicou. "Podemos aumentar nossa rivalidade de forma positiva. Eu vou querer pegar pênalti para poder plantar árvores, o Deola também e todos sairão ganhando", continuou Júlio César.

Gazeta Press
Apesar da rivalidade, Deola (dir.) e Júlio César mostraram amizade em evento realizado nesta segunda-feira
Na ocasião ainda estiveram presentes os diretores de marketing do Corinthians, Luis Paulo Rosemberg e Rubens Faria, do Palmeiras, que também ressaltaram que o "conflito" entre os dois clubes deve ser reservado apenas dentro das quatro linhas.

Ainda assim, o dirigente corintiano não perdeu a chance de alfinetar o rival São Paulo, que não recebeu convite dos organizadores para participar do projeto. "O respeito pelo São Paulo é o mesmo que temos por outros clubes. É a brincadeira que alivia a violência. Se nós não temos estádio, eles têm um panetone", brincou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG