Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Júlio César critica dancinha de goleiro do Mazembe

Kidiaba brincou que seu gesto, que inventou com base em uma dança típica, são abdominais que faz durante o jogo para se aquecer. ¿Se for isso mesmo ele quer aparecer¿, disse o brasileiro

Marcel Rizzo, enviado iG a Abu Dhabi |

A dancinha do goleiro Kidiaba, do Mazembe, pode ter agradado fãs do futebol mundo afora, mas uma pessoa não gostou: Júlio César, arqueiro da Inter de Milão e titular da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010, disse que o rival do próximo sábado, na decisão do Mundial de clubes, está querendo aparecer.

Eu imaginava que fosse uma dança típica, algo assim, comum na África, são um povo muito alegre. Mas depois me disseram que ele diz que o movimento são abdominais no meio do jogo. Se for isso mesmo quer uns minutos de fama e está conseguindo. Isso é menosprezo e não é legal, disse Júlio César.

A dança de Kidiaba, na qual ele senta no gramado e dá pulinhos, é chamada por ele de Kidibwake, em homenagem a uma dança típica de Costa do Marfim, onde jogou. Nascido na República Democrática do Congo, terra do Mazembe, Kidiaba tem fama de fanfarrão no seu país, tanto que é perseguido por um assessor sempre que dá entrevistas para evitar que fale besteiras. Mas mesmo o funcionário não conseguiu prevenir que o goleiro de 34 anos brincasse que o gesto, na verdade, é um treino abdominal no meio do jogo para se aquecer.

O goleiro do Mazembe virou destaque no Mundial com sua dança, mas também com defesas eficientes. Foi assim contra o Pachuca, do México, nas quartas de final (vitória por 1 a 0), e contra o  Inter, na semifinal (2 a 0). Ele está invicto no campeonato.

O Congo representa a África e estamos felizes por estarmos na final, disse Kidiaba depois de bater os brasileiros, em um momento que estava adestrado pelo assessor da delegação do time do Congo. Ele não deve mais dar entrevistas até o final da competição.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG