maior baque - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Júlio César aponta empate com o Vitória como maior baque

Corinthians abriu o placar na casa do adversário, mas permitiu o empate e perdeu a liderança do Brasileirão para o Fluminense

Gazeta Esportiva |

O resultado mais lamentado pelo goleiro Júlio César ao longo do Campeonato Brasileiro não foi uma derrota. O prata-da-casa ainda não conseguiu aceitar o empate por 1 a 1 com o Vitória, no Barradão, que tirou o Corinthians da liderança a duas rodadas do final.

"A gente só dependia das nossas pernas e teve o maior baque contra o Vitória. Se tivéssemos vencido aquele jogo, o discurso de hoje seria totalmente diferente. Era uma partida difícil, pois o adversário brigava contra o rebaixamento, mas foram os pontos mais sentidos", lamentou Júlio César. 

Dois dos líderes do Corinthians, no entanto, pensam de maneira diferente. O técnico Tite e o capitão William não gostam de determinar apenas um resultado como decisivo na disputa pelo título, e sim a campanha como um todo. "É claro que, se não formos campeões, será por uma série de fatores. Entre eles, a sequência de sete jogos sem ganhar", lembrou o goleiro, concordando em parte com os demais.

Mas Júlio César ainda não perdeu as esperanças de ser campeão brasileiro. Para que isso aconteça, o Corinthians precisa superar o Goiás e contar com um tropeço do Fluminense diante do Guarani. "Não estamos desmotivados. A última rodada promete ser emocionante até o final. Espero que o Guarani atrapalhe o Fluminense. Assim, conquistaremos o título do jeito corintiano, com emoção até o último minuto", sorriu o goleiro.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG