Mesmo com dinheiro da venda de Neuton, time gaúcho deve apostar no atual elenco

Alguém poderia pensar: o dinheiro da venda de Neuton à Udinese será usado para reforçar o grupo do Grêmio no Brasileirão. Afinal, 1 milhão de euros (R$ 2,2 milhões), por 55% dos direitos econômicos do jogador, não é de se desprezar. Porém....

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Enquanto a direção não faz promessa, o treinador não cobra reforços. É com o atual elenco que o time gaúcho terá de se recuperar e sair da atual 16º posição para, ao menos, chegar à Libertadores – o objetivo traçado no começo do ano.

“Só a diretoria pode responder (se o dinheiro será usado para contratar). Trabalho em conjunto com eles. Vejo muito clara a posição do treinador de um clube na figura de fazer parte do todo”, disse Julinho.

O comportamento é bem diferente do antecessor Renato Gaúcho. O antigo treinador pedia reforços, participava das negociações, telefonando para jogadores, e, quando não era atendido, cobrava atitude da direção. Publicamente. Algo que gerou atritos.

Mais de uma vez o vice de futebol Antônio Vicente Martins e o presidente Paulo Odone repudiaram as atitudes de Renato. Em uma delas Vicente Martins chegou a dizer: “treinador treina” . Este desgaste contribuiu para a saída dele e a contratação de Julinho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.