Treinador entende que o talento do atleta é o responsável pela marcação de gols

Julinho comandará o Grêmio pelo quarto jogo no Brasileirão
Lucas Uebel/Vipcomm
Julinho comandará o Grêmio pelo quarto jogo no Brasileirão
A última semana foi de cobrança no Grêmio . Após o empate com o Figueirense com má atuação, jogadores e o treinador precisaram explicar em suas entrevistas os motivos para a falta de gols – são 11 em dez jogos no Brasileirão.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Julinho Camargo, então, fez uma frase polêmica:

"Para mim é uma situação muito clara. O trabalho do treinador funciona muito forte de intermediária até intermediária. Nos metros finais de campo, pode até ajudar na mecânica, mas é o talento do jogador que decide".

Ao se isentar de responsabilidade e culpar os jogadores por erros, Julinho deixou de lado alguns números que apontam para problemas coletivos. Dos 20 times do campeonato, o Grêmio é o 15º em finalizações, com 51. Piora quando o quesito em questão é o número de dribles: são 75, média de 7,5, o que equivale o pior desempenho da competição.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

É verdade que Julinho comandou o time em apenas três partidas – derrota para Cruzeiro, vitória sobre Coritiba e empate diante do Figueirense. Nos 25 dias de clube, priorizou a organização do sistema defensivo. Mas ouviu reclamações de Leandro, Douglas e Marquinhos que pediram mais atenção com o ataque.

Tanto que para enfrentar o América-MG ele começou a realizar treinos com posicionamento ofensivo. Será colocado à prova nesta quarta-feira, às 19h30min, no Olímpico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.