Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jucilei admite assédio europeu, mas promete ficar para a Libertadores

Volante diz que já recebeu sondagens de sete clubes, mas que seu pensamento é apenas em ser campeão da Libertadores de 2011

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O volante Jucilei reconheceu nesta terça-feira que vem sendo bastante sondado por clubes europeus para deixar o Corinthians. Observado por representantes de Fiorentina e Juventus recentemente, o jogador diz se sentir prestigiado com o assédio, mas garante que não tem pretensão nenhuma de deixar o clube antes da Libertadores de 2011.

Eu já recebi sondagem de sete clubes, mas foi tudo sondagem. Vou ficar. Eu quero ser campeão da Libertadores e entrar para a história do clube, disse o volante.

Perguntado sobre que outros clubes estariam interessados, Jucilei preferiu não dar os nomes. Isso aí não posso contar, não.  Mas já já vocês (jornalistas) vão descobrir, disse.

O empresário de Jucilei, Nick Arcuri, diz que é normal o assédio dos clubes europeus ao jogador. O volante tem se destacado no Brasileirão e depois das duas convocações para a seleção brasileira sua visibilidade só aumentou. Arcuri assistiu ao clássico entre Corinthians e Santos, na Vila Belmiro, ao lado de um olheiro da Juventus, mas diz que isso não significa nada além de um contato profissional.

O Jucilei quer jogar a Libertadores pelo Corinthians, diz Arcuri sempre que perguntado sobre as chances de Jucilei deixar o Corinthians na janela de janeiro. O contrato do jogador com o clube paulista é válido até maio de 2012.

O presidente Andrés Sanchez nega que tenha recebido qualquer proposta oficial por Jucilei. Se venderam o Jucilei ninguém me contou e não me mandaram o dinheiro, disse o presidente na última semana em Salvador, antes da partida contra o Vitória.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG