Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Juan quer voltar à seleção, mas admite que Copa é sonho distante

Lateral-esquerdo do São Paulo afirma que ainda tem muito a melhorar, mas espera voltar a ser convocado

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Primeiro reforço anunciado pelo São Paulo para a temporada 2011, ainda em dezembro, Juan chegou e tomou conta da lateral-esquerda do time. Até agora, o camisa 16 participou de todas as partidas do ano, 13 pelo Campeonato Paulista e uma pela Copa do Brasil. Com a melhora da produtividade junto ao restante da equipe, ele já pensa até em voltar a ser convocado para a seleção brasileira.

Sua única convocação até hoje aconteceu em 2008. Inicialmente chamado por Dunga para ser reserva de Kleber, ele acabou virando titular após a contusão do companheiro e participou da vitória sobre o Chile por 3 a 0 e do empate com a Bolívia por 0 a 0 pelas Eliminatórias para a Copa de 2010.

Atualmente com 29 anos, Juan afirma que tem sim o objetivo de disputar o próximo Mundial, em 2014 no Brasil. Mas reconhece que é uma meta ousada e difícil de ser alcançada.

“É um objetivo e um sonho distante. Eu procuro focar uma coisa de cada vez. Agora preciso trabalhar aqui no São Paulo e mostrar um bom futebol para voltar pra seleção. Mas é um sonho que tenhosim, um objetivo grande. Tem muita coisa para acontecer, tenho que melhorar muita coisa para que isso possa acontecer”, afirmou.

“Estou sempre buscando melhorar, a parte física, técnica, tática. Procuro manter um nível de atuação, uma regularidade alta. É difícil, mas tem que procurar ter essa sequência e regularidade, participando das jogadas de gol, pra se Deus quiser voltar para a seleção”, completou.

Com a boa fase, Juan só lamenta ainda não ter marcado seu primeiro gol com a camisa do São Paulo. E apesar do rodízio de jogadores promovido pelo técnico Paulo César Carpegiani nas últimas partidas do time, ele nem pensa em entrar para a lista de poupados pelo treinador.

“Sinceramente não sei [se vai ser poupado]. Ele não conversou nada comigo ainda. Ele está querendo olhar alguns jogadores e se ele acha que é o melhor nós temos só que fazer o nosso papel. Eu tento fazer o meu melhor, mostrar o meu valor e quero continuar nessa sequência”, disse.

Leia tudo sobre: são paulocopa 2014seleção brasileira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG