Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Juan confirma erro da direção do Santos e elogia Léo

Lateral do time santista fará a sua estreia pelo time de Muricy Ramalho neste sábado, contra o Mirassol

AE |

selo

AE
Lateral-esquerdo posou para fotos com a nova camisa e deve estrear no Santos no sábado, diante do Mirassol
O lateral-esquerdo Juan confirmou nesta sexta-feira durante a sua apresentação oficial no Santos que a suspensão que o impediu de estrear pelo clube era desconhecida até momentos antes do duelo com o The Strongest, quarta, pela Libertadores. De acordo com o jogador, a situação só foi descoberta em uma conversa no ônibus que levava o time ao estádio em La Paz.

Leia mais: Juan estreia, e Rafael desfalca Santos contra Mirassol

"Estava no ônibus quando um assessor me perguntou se havia sido expulso [na última partida do São Paulo na Sul-Americana de 2011], respondi que sim", disse. "Fui pego de surpresa", disse o lateral santista, que não atuou na Bolívia, mas fará a sua estreia oficial pelo clube neste sábado, fora de casa, contra o Mirassol, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O vice-presidente Odílio Rodrigues confirmou que o clube errou, mas, antes da apresentação de Juan, deu uma versão diferente, ao explicar que uma falha de comunicação entre os departamentos do clube causou a falta de informação, que provocou o corte do lateral apenas momentos antes da estreia do time na Libertadores.

Confira ainda: Santos assume erro por corte de Juan antes de estreia

A chegada de Juan ajuda a repor a ausência de Léo, que passou recentemente por cirurgia no joelho direito e foi elogiado pelo reforço. "É uma grande responsabilidade substituir o Léo. Vi o Léo jogar quando era novo e nem era profissional", brincou sobre o veterano, de 36 anos. "No início de minha carreira, o observava bastante por suas características ofensivas, que são parecidas com as minhas".

Veja fotos dos treinos das equipes na véspera do carnaval:

Juan, de 30 anos, reconheceu que a negociação para trocar o São Paulo pelo Santos foi demorada, mas evitou confirmar que o impasse se deu por conta de diferenças financeiras na negociação com o clube. "O acerto foi complicado por causa de vários fatores. Foram ditas coisas pela imprensa que não foram verdadeiras", disse. "O importante é que deu certo", finalizou. "Agradeço o voto de confiança, é um prazer, vou ajudar o Santos a ganhar títulos", prometeu.

Confira a classificação do Campeonato Paulista 2012

De acordo com o lateral, as recentes conquistas do Santos e a possibilidade de trabalhar com o técnico Muricy Ramalho motivaram seu acerto. "Foram vários fatores que me fizeram vir para cá. É um grande clube, tem um grande treinador, um grande elenco e que vai brigar para ser campeão em todos os torneios", disse.

E mais: Santos renova com goleiro Felipe e o empresta ao Náutico

Juan reconheceu ter declarado em sua passagem pelo São Paulo ser torcedor do time do Morumbi, mas tratou de minimizar a situação. "Eu falei isso, era são-paulino na infância. No momento em que você vira profissional, você deixa a condição de torcedor da infância. Não é nenhuma vergonha".

Apesar de ter sido titular do São Paulo em 2011, o lateral ficou fora dos planos da equipe para esta temporada. Ele garante, porém, que teve uma boa passagem pelo clube. "A saída foi opção da diretoria. Eu tinha feito 60 jogos e quatro gols. Saí de cabeça erguida".

Leia tudo sobre: santosjuancampeonato paulista 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG