Goleiro Luis Guilherme está em período de testes no Lyon, enquanto volante Gérson deve ir para o PSV

Durante a gestão do presidente Bebeto de Freitas, no Botafogo , as categorias de base foram praticamente abandonadas. A grande dívida do clube e a falta de verbas fizeram com que a prioridade fosse voltada ao time principal.

Com o processo de reestruturação do clube e o retorno dos investimentos nas divisões inferiores, o Botafogo começa a colher frutos. Pelo menos três jogadores revelados pela equipe carioca  por testes em times da Europa, despertando o interesse do mercado internacional.

O primeiro caso é do goleiro Luis Guilherme, de apenas 18 anos. Em janeiro, o jogador passou por um período de duas semanas treinando com o elenco do Manchester City, da Inglaterra. Mal desembarcou, o goleiro já viajou novamente, agora para uma experiência no Lyon, da França. Em 2007, Luis Guilherme também passou por um período de testes no Arsenal. Preocupado em segurar a promessa, o Botafogo renovou o contrato do jogador em 2010. O vínculo vai até junho de 2015.

Outro jogador que pode deixar o clube é o volante Gerson, capitão da equipe na Copa São Paulo de Futebol Juniores, onde o Botafogo não passou da primeira fase. O atleta, que passou pela equipe profissional em 2010, mas voltou ao juniores, deve assinar um contrato de empréstimo com o PSV, da Holanda. O clube teria a opção de compra do jogador ao final do empréstimo. 

Quem também pode estar de malas prontas é o atacante Willian, promovido ao time profissional nesta temporada. No último mês, o jogador viajou com o atacante Vágner Love e participou da pré-temporada do CSKA, da Rússia, tendo chamado a atenção dos dirigentes da equipe. O Botafogo não descarta negociar o jogador de 20 anos, que tem contrato até 2015, caso receba uma boa proposta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.