Willian e Cidinho, que nunca haviam jogado com Joel Santana, já foram escalados em duas partidas

No dia em que foi apresentado como novo técnico do Botafogo, Caio Júnior já havia pedido reforços para a diretoria da equipe carioca, ciente da falta de opções no elenco, principalmente no setor de meio-campo. Mas enquanto os novos jogadores não chegam o treinador vai dando oportunidades aos jovens das categorias de base do Botafogo.

Dois nomes em especial tem chamado a atenção da torcida. O atacante Willian, de 19 anos, e o meia Cidinho, de 18. O primeiro inclusive marcou o gol da vitória do Botafogo sobre o Paraná, na última quarta-feira, o primeiro com a camisa do clube. Willian foi titular contra o Boavista, no último sábado e entrou na segunda etapa na partida da Copa do Brasil, no meio da semana. Cidinho saiu do banco nas duas partidas. Nenhum deles havia atuado com o técnico Joel Santana.

Para o atacante Willian, que realizou um intercâmbio no CSKA, da Rússia, e impressionou os dirigentes da equipe de Vágner Love, é hora de trabalhar forte para tentar impressionar o novo treinador e receber mais oportunidades na equipe. "Estou trabalhando para isso, se a oportunidade aparecer de novo, vou tentar aproveitar. No momento estou mais focado no Botafogo. Se acontecer uma negociação, deixo nas mãos do Botafogo, acho que ainda não é minha hora de sair, estou feliz aqui", declarou o atacante.

O técnico Caio Júnior também elogiou a atuação dos dois jogadores contra o Paraná. "O Willian entrou muito bem e marcou o gol. Coloquei o Cidinho no final do jogo, que também se saiu bem no pouco tempo que teve em campo. Acho que podemos melhorar algumas coisas, mas para o primeiro jogo, fiquei muito satisfeito com os garotos", disse o treinador.

Um dos exemplos para os garotos que estão aparecendo no profissional agora é o atacante Caio, que se firmou na equipe no Campeonato Carioca de 2010. O jogador revela que fica contente em poder conversar e servir de espelho para os mais novos. "A gente sempre sonha, quando está na base, que vai jogar junto, se vai ter oportunidade. Felizmente o Alex, Willian, Cidinho estão podendo aparecer e mostrar o futebol deles. É dar sequência, continuar trabalhando focado, que a oportunidade aparece. O Cidinho até citou que sou um exemplo para os mais novos, fico feliz com isso", disse o atacante do Botafogo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.