Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jovem Adriano comemora chance recebida contra o Atlético-MG

Volante recebeu de Martelotte a incumbência de marcar o centroavante atleticano Diego Tardelli

Gazeta Esportiva |

Se o empate com o Atlético-MG, em 2 a 2, no último sábado, na Arena do Jacaré, praticamente deu fim a qualquer esperança do Santos na briga pelo título (restam mínimas chances matemáticas disso acontecer), para um jogador da equipe, a partida tem motivos de sobra para ser comemorada. Trata-se do volante Adriano, revelado nas categorias de base do clube, e que realizou seu primeiro jogo pelo time principal desde que voltou de empréstimo do São Caetano, ao final do Paulistão deste ano.

O meio-campista até chegou a disputar algumas partidas na Copa sub 23, quando alguns jogadores do elenco santista que não vinham sendo utilizados, tiveram a chance de atuar. Porém, como essa competição já terminou para o Santos, e o técnico interino Marcelo Martelotte tinha sete desfalques para o confronto diante do Atlético-MG, Adriano recebeu a sua oportunidade como titular e não decepcionou, inclusive, ganhando vários elogios do treinador.

O volante recebeu de Martelotte a incumbência de marcar o centroavante atleticano, Diego Tardelli. E, apesar de ter marcado um gol de cabeça, o primeiro do Atlético, Tardelli teve pouca liberdade para, com a bola nos pés, criar problemas para a defesa santista.

"Lutei o tempo todo e procurei seguir à risca o que o Marcelo me determinou, como marcar de perto o Diego Tardelli. Fico feliz com os elogios, o que me dá mais confiança para seguir meu trabalho no Santos", afirmou.

Sobre a possibilidade de receber mais chances como titular nestas últimas quatro rodadas de Brasileirão, Adriano prefere deixar a decisão nas mãos de Marcelo Martelotte. "A concorrência para o meu setor no elenco é grande, com jogadores como Arouca, Rodriguinho, Roberto Brum e o (Rodrigo) Possebon. Mas eu nunca desanimei e continuei trabalhando forte todos os dias. Felizmente tive a oportunidade de jogar o tempo todo no sábado e acho que consegui fazer um bom trabalho", concluiu Adriano, se esquivando de comentários sobre a escalação do time.

Leia tudo sobre: atlético-mgcampeonato brasileirofutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG