Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

José Mourinho pede veto de árbitro em jogos de Real e Barcelona

Português não quer que Pérez Lasa apite partidas dos times que disputam o título do Campeonato Espanhol

Gazeta |

O técnico José Mourinho aprontou mais uma das suas na Espanha. Depois do empate com o modesto Almería por 1 a 1 neste domingo, o português reclamou da atuação do árbitro Pérez Lasa, que não marcou um pênalti do camaronês Mbami por uma mão na bola dentro da área nos acréscimos da segunda etapa e, em sua opinião, pode ter feito a diferença na sequência do campeonato.

"Perdemos dois pontos, mas analisando o primeiro turno vemos que os números são bons. Também digo que queremos ser campeões, e não ter bons números. Esperemos para ver o que acontece no segundo turno, e que Pérez Lasa não volte a apitar jogos do Real e muito menos do Barcelona", afirmou.

Apesar de ironizar o mediador do confronto, Mourinho não quis criticar diretamente o árbitro, a quem revelou acompanhar a carreira desde sua primeira passagem na Espanha, e se segurou para não continuar disparando contra o juiz.

"Eu não me queixo do árbitro. Prefiro falar bem deles que mal. Quando posso falar bem de um deles, como fiz na Copa (do Rei) com Mateu Lahoz, o faço com muito prazer. Quando não posso falar bem, tento não falar mal. Esse árbitro (Pérez Lasa) eu conheço desde 1996 e o senhor Lasa de 2011 é exatamente igual ao de 96", bradou.

O Special One ainda comentou a escalação de Kaká como titular na partida em lugar do francês Benzema. Para ele, o meia brasileiro cumpriu o seu papel no jogo e ainda não pode ser criticado.

"Ele precisa de tempo para recuperar sua melhor forma, mas para quem ficou seis meses parado, acho que ele foi bem", elogiou.

Leia tudo sobre: EspanhaReal MadridBarcelonaMourinhofutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG