Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jorginho minimiza críticas feitas pelo capitão do Figueirense

João Paulo Goiano se irritou por ter sido substituído, já que falhou em um lance que virou gol

Gazeta |

A irregularidade do Figueirense no Campeonato Brasileiro está exigindo que Jorginho se desdobre constantemente para lidar com as situações adversas dentro e fora dos gramados. Após a derrota de 3 a 0 para o Fluminense, nesta quarta-feira, o treinador teve mais uma vez que minimizar declarações polêmicas de jogadores e explicar os motivos que ocasionaram na derrota de sua equipe.

O zagueiro e capitão do Figueirense, João Paulo Goiano, foi o principal responsável pelo segundo gol da equipe carioca, quando tentou sair jogando na sua área, perdeu a bola para Rafael Moura, e deu a chance do artilheiro invadir a área e anotar mais um tento na partida. Substituído após falhar, o jogador mostrou-se irritado e insatisfeito com a alteração, fazendo com que Jorginho explicasse o porquê tirou o atleta do jogo.

"É normal um jogador ficar insatisfeito por ser substituído. O João Paulo falhou no segundo gol e não foi bem. Eu tenho o direito de trocar qualquer jogador. Ele é o nosso capitão e tem minha confiança. Ele ficou chateado, porque zagueiro não sai durante o jogo, mas eu vi que ele estava com dificuldade em marcar o Rafael Moura e dei uma chance pro Roger Carvalho jogar. Depois do jogo, conversamos e colocamos tudo em ordem. Ele retorna ao time normalmente na próxima partida", explicou Jorginho.

O treinador ainda tentou achar motivos para a dura derrota sofrida pelo Figueira no Rio de Janeiro. Para o técnico, o principal responsável pela vitória dos cariocas foi o goleiro Diego Cavalieri, que fez importantes defesas durante a partida e garantiu o placar elástico a favor do Fluminense.

"Fizemos dois tempos distintos, a equipe foi muito bem no primeiro tempo, tivemos o domínio do jogo e o Diego Cavalieri fez grandes defesas. Infelizmente tivemos um apagão, tomamos dois gols muito rápidos no segundo tempo e comprometeu completamente a nossa atuação", completou Jorginho.

Agora, o Figueirense está em décimo lugar no Campeonato Brasileiro, com 23 pontos ganhos. Entretanto, caso o Bahia consiga uma vitória diante do Palmeiras nesta quinta-feira, o time poderá ser ultrapassado e cair para a décima primeira colocação.

Leia tudo sobre: brasileirão 2011Figueirense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG