Tamanho do texto

Técnico fez mudanças e os reservas marcaram os gols da vitória, mas ele prefere não ficar com méritos do resultado

Após colocar Ananias e Boquita no segundo tempo da partida diante do Criciúma , o técnico Jorginho viu suas apostas darem certo. A dupla marcou os dois gols da vitória da Portuguesa , que abriu sete pontos de vantagem na liderança da Série B . Apesar do bom trabalho no comando do time, Jorginho foi modesto e destacou a atuação de seus comandados.

"Os meus jogadores estão de parabéns. Nós da comissão técnica temos poucos méritos. Quem entra em campo e ganha os jogos são eles. Se os atletas têm qualidade, não precisa muito da participação do treinador. Passamos a eles algumas informações, mas quem as coloca em prática são eles durante os 90 minutos" declarou Jorginho.

"O Ananias e o Boquita entraram e fizeram os gols da vitória. No sábado lá em Campinas o Leandro Love entrou e foi bem. Dentro do proposto taticamente foi perfeito, cumpriu exatamente o que eu pedi a ele", continuou o técnico da Lusa.

Além da dupla de ataque, Jorginho elogiou também Marco Antonio, que jogou no sacrifício por conta de uma febre. "Ninguém sabe, mas o Marco estava até ontem com 39 graus de febre. Ele quase não veio para o jogo. Mas foi guerreiro, foi valente, e jogou muito bem a partida de hoje", completou.

A Portuguesa volta a campo no próximo dia 13 de agosto, diante do Sport, pela 16ª rodada da Série B. Para a partida, Jorginho não contará com nenhum desfalque e ainda terá o retorno de Marcelo Cordeiro e Leandro Silva.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.