Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jorge Henrique minimiza jejum de gols, mas reconhece a má fase

Atacante que tem atuado como meia não marca um gol desde janeiro. Ele admite que já esteve melhor

Bruno Winckler, iG São Paulo |

"Nunca fui artilheiro nem de fazer muitos gols por onde eu passei. Eu quero vencer, ganhar títulos, mas que sei que quando eu tiver oportunidade eu vou fazer o gol. Não fico chateado, meu objetivo é sempre vencer partidas", disse Jorge Henrique, que nos últimos jogos tem atuado como um quarto homem de meio campo, ao lado de Bruno César.

Jorge Henrique, que marcou dois gols importantes na final da Copa do Brasil de 2009 contra o Internacional, disse que não conseguiu desde daquele período repetir a mesma sequência de bins resultados.

Siga o Twitter do Corinthians no iG Esporte

"Em 2009 fui muito bem, fiz um ano excelente. Já em 2010 convivi com contusões e caí de rendimento. Esse ano não estou jogando o que já joguei e tenho consciência disso. Sei que não estou jogando de atacante, estou como meia e não segundo atacante ou ala. Hoje meu momento é de ajudar, viso mais a equipe, o conjunto", disse o jogador, que foi o jogador do time que mais recebeu cartões amarelos no Corinthians: seis.

"Minha função mudou um pouco tenho que fechar mais o meio, acompanhar o lateral quando ele recebe a bola, mas eu tenho certeza que na reta final vou procurar brilhar. Se recebi mais cartões é porque eu agora estou marcando e me adaptando a um novo jeito de jogar", disse o jogador.

Apesar de não viver uma fase tão boa como a que viveu nos últimos dois anos, Jorge Henrique ainda é um dos jogadores com mais moral com a torcida. Tanto que nos treinos desta quarta, foi um dos atletas homenageados por um solitário torcedor, que do alto de um prédio de construção ao lado do CT, gritou seu nome, o de Dentinho e o de Alessandro.

"Isso mostra que apesar de eu não estar fazendo gol, não estar jogando o que joguei nos últimos anos, isso não apaga o que eu fiz e a torcida não esquece isso. Fico feliz e espero retribuir agora na final", disse Jorge Henrique.

AE
Jorge Henrique é titular do Corinhians desde 2009

Jorge Henrique, atacante que é um xodó para a torcida corintiana desde 2009, quando chegou ao clube, reconheceu nesta manhã de quarta-feira que anda devendo boas atuações no Corinthians neste ano. Sem marcar um gol desde 19 de janeiro, na segunda rodada do Paulistão, contra o Bragantino , o jogador disse que tem jogado em outra função, mais recuado, e que talvez por isso tenha parado de fazer gols. Mesmo assim, ele diz que não está preocupado com o jejum.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG