Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jonas prefere não falar sobre Libertadores antes de final da Sul-Americana

Atacante afirmou que terá de deixar rivalidade de lado para torcer pelo Independiente na quarta-feira contra o Goiás na final da Copa Sul-Americana deste ano

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O atacante Jonas prefere não falar sobre suas expectativas de disputar a Libertadores. Sempre cauteloso, o jogador do Grêmio afirma que primeiro precisa torcer muito para o Independiente da Argentina na quarta-feira para que o Goiás não roube a vaga gremista sendo campeão da Sul-Americana.

O artilheiro do brasileirão e dono da Bola de Prata como melhor atacante exaltou a campanha do Grêmio no segundo turno e disse que o péssimo primeiro turno aconteceu por causa da Copa do Brasil e que isso pode custar caro no fim da temporada.

É muito cedo para pensar na Libertadores agora. Vamos torcer para o Independiente. Se eles não fizerem a parte deles, a gente fica sem a vaga. O negócio agora é torcer. É uma tristeza, mas a gente teve de priorizar a Copa do Brasil. Vamos enaltecer o trabalho do segundo turno, mas sabemos que foi ruim o início, ainda mais para uma equipe como Grêmio, disse o gremista.

Jonas brinca com a rivalidade contra argentinos na hora de torcer. O atacante afirmou que terá de ir contra a sua vontade para ver o Grêmio na Libertadores.

É complicado torcer de longe, eu preferia estar dentro de campo. A torcida vai ser muito grande. Não vai ter como, vamos ter de torcer para a Argentina, brincou.

O Grêmio classificou-se como quarto colocado do Brasileirão ao bater o Botafogo dentro de casa. Agora, para que a vaga não vá para o Goiás, os gremistas precisam torcer para o Independiente na final da Sul-Americana nesta quarta-feira. No primeiro jogo, os brasileiros venceram por 2 a 0. 

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolgrêmio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG