Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jonas faz dois, e Brasil vence na despedida de 2011

Em amistoso contra Egito, no Catar, seleção conseguiu a oitava vitória no ano. Em 2012, equipe volta a jogar no final de fevereiro

iG São Paulo |

Getty Images
Jonas comemora gol contra o Egito
Na última partida da seleção brasileira em 2011 quem decidiu foi um jogador até agora coadjuvante no time de Mano Menezes. Presente em apenas quatro dos 15 jogos do Brasil neste ano, Jonas marcou os dois gols da vitória sobre o Egito nesta segunda-feira, em Doha, no Catar.

"Metade do gol foi do Hulk", diz Jonas

Com os gols de Jonas , um adversário fraco e um jogo morno, a seleção conseguiu vencer com tranquilidade a seleção egípcia. O Brasil voltará jogar somente em 2012, em fevereiro. O adversário ainda não foi definido.

Após esse amistoso, a seleção voltará a se reunir em junho, quando Mano convacará o time que vai disputar as Olimpíadas de Londres.

O jogo
A seleção começou a partida tentando atacar, mas com dificuldades para chegar à área do Egito. O primeiro chute no gol foi justamente dos egípcios. Em cobrança de falta, Shikabala cobrou falta no canto esquerdo do goleiro Diego Alves, que defendeu, aos cinco minutos de jogo.

O Brasil conseguia ter mais posse de bola, mas sofria para chegar à área do adversário. Demorou 26 minutos para a seleção criar uma chance clara de gol. Ele veio com Hulk, que, em jogada individual, entrou na área pelo lado esquerdo, mas acabou chutando a bola forte demais e ela passou por cima do gol.

O Egito se defendia bem e tentava sair no contra-ataque sem sucesso. O Brasil contava com a movimentação da dupla de ataque Hulk e Jonas, que saia da área em busca da bola. Foi assim aos 38 minutos de jogo, quando Hulk fez uma jogada pelo lado direito e tocou para Jonas. Na cara do gol, já com o arqueiro El-Hadary vencido, o ex-gremista tocou para o gol.

O Brasil voltou para o segundo tempo com a mesma formação. Já no primeiro minuto de bola rolando, a
seleção teve outra chance de gol. Jonas fez boa jogada, entrou em velocidade na área, driblou o goleiro Shenawy e tocou para o gol. A bola só não entrou porque em cima da linha, o zagueiro Hegazy tirou.

Dez minutos depois, o Brasil conseguiu enfim ampliar o placar. Após cobrança de falta de Bruno César, Fernandinho desviou de cabeça e confundiu o goleiro egípcio, que espalmou a bola. No rebote, Jonas fez o seu segundo gol.

Com a vantagem brasileira, o jogo esfriou. O Egito passou a ter mais posse de bola, sem conseguir, entretanto, levar perigo ao gol de Diego Alves.

BRASIL2 x 0 EGITO
Local: Estádio do Al Rayyan, em Doha, no Catar
Horário: 15h (de Brasília)
Gols: Jonas, duas vezes

BRASIL:
Diego Alves, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Alex Sandro; Lucas Leiva, Fernandinho (Elias), Hernanes e Bruno César (William); Jonas (Kleber) e Hulk (Dudu). Técnico: Mano Menezes
EGITO:
El-Hadary, Gomaa, Fathi, Fathallah e El Mohamady; Hassan, Ghaly (Salah), Abd Rabou (Hassan) e Razek; Meteb (El Gabbas), Zidan (Soliman) .Técnico: Bob Bradley

 

Leia tudo sobre: Jonasseleção brasileiraMano Menezes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG