Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores justificam derrota por fraca produção ofensiva

Inter teve 52% de posse de bola, mas só finalizou em gol uma vez contra o Vasco

iG Porto Alegre |

Gazeta Press
DAlessandro foi substituído no segundo tempo por Falcão
Foi uma avaliação unanime. Todos os jogadores que deram entrevista, após a derrota do Inter para o Vasco, diagnosticaram o mesmo problema na atuação do Inter: posso de bola em excesso, porém, sem efetividade no ataque.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

“O primeiro tempo nosso foi muito bom, mas não chegamos na frente. Não aproveitamos a boa posse de bola”, disse D’Alessandro.

A estatística comprova a tese. O Inter teve 52% de posse de bola, mas só finalizou em gol uma vez – errou outras sete. Os números são do Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Para o zagueiro Bolívar, a partida foi equilibrada. Ele lamentou a falta de finalizações em gol. Ele projetou o próximo jogo, quinta-feira, diante do líder Corinthians:

“Precisamos ter os pés no chão, calma. Tem mais um jogo fora na quinta”.

Com a derrota, o Inter permanece em quarto lugar na classificação neste sábado. Pode perder até três posições no complemento da rodada no domingo.

Leia tudo sobre: internacionalbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG