Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores do Vasco prometem acabar com hegemonia do Flamengo

Anderson Martins e Alecsandro não viveram a era do "vice" e querem escrever novo capítulo na história do clássico

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Chegou a hora de acabar com a escrita. Nas últimas duas décadas, o Flamengo vem mantendo uma hegemonia sobre o Vasco em finais. O último título estadual conquistado sobre o rival foi em 1988. Desde então, foram quatro decisões de Carioca (99/00/01/04) e uma Copa do Brasil (2006). Sem falar no título de 96 – campeão invicto e antecipado após vitória na final sobre o cruzmaltino nos dois turnos. Mas, para quem está chegando agora, é hora de quebrar o tabu. O zagueiro Anderson Martins e o atacante Alecsandro afirmam que estão começando do zero e não carregam o estigma do passado.

“A gente está aqui para mudar essa história. Estamos aqui para quebrar esse tabu. Vamos com força máxima, claro que respeitando o Flamengo, que tá invicto, mas a gente sabe o que tem que ser feito para superar o Flamengo e acabar com essa hegemonia”, declarou o Anderson Martins.

Tanto o zagueiro quanto o atacante não viveram a “geração do vice” para o time rubro-negro. Alecsandro, por exemplo, sabe que o Vasco não conquista um título estadual desde 2003, mas desconhecia a incômoda escrita justamente para o principal rival. Acostumado a decisões e com larga experiência em clássicos, o jogador endossa as palavras do companheiro.

“Repito o que disse o Anderson: tabu é para ser quebrado. Para mim, não existe hegemonia do Flamengo. Estou chegando agora, para mim é tudo novo. Então, meu pensamento é entrar em campo e ganhar. Graças a Deus tenho bagagem em jogos como este e espero repetir o sucesso no Rio também” disse Alecsandro, que já vestiu as camisas de Vitória, Cruzeiro e Internacional.

O atacante confidenciou uma conversa que teve com Rodrigo Caetano quando o diretor-executivo do Vasco foi a Porto Alegre contratá-lo. O dirigente teria dito ao jogador que este ano “queria ser campeão”. Após o acerto, Alecsandro se vê no dever de chamar a responsabilidade do jogo nos momentos mais difíceis. No mesmo bate-papo, ele fez algumas promessas a Caetano. Muitas foram cumpridas. Mas a principal delas, ainda não.

“Falta o título. Prometi e cumpri certas coisas. Agora quero o título”, revelou o atacante. “A gente vai sem nenhum trauma do que ficou no passado. Vamos pensando apenas no presente. Nosso pensamento é só a vitória. Eles podem terminar o campeonato no domingo. A gente não quer isso, não. Vamos fazer de tudo para forçar mais dois jogos”, completou Anderson Martins.
 

Leia tudo sobre: vascoalecsandroanderson Martins

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG