Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores do Vasco evitam falar em revanche na Copa do Brasil

Time pode encarar o Flamengo na final, mas foco é pensar apenas no compromisso de quarta, contra o Atlético-PR

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Resta uma chance para Vasco e Flamengo se cruzarem ainda neste primeiro semestre. Para isso, os dois rivais precisam avançar nas quartas de final e na semifinal da Copa do Brasil. Assim, haveria a reedição do Clássico dos Milhões decidindo o torneio nacional - como aconteceu em 2006. Ainda assim, mesmo com o adversário rubro-negro entalado na gargante, os vascaínos peferem não alimentar já uma revanche contra o campeão estadual - domingo, o time foi derrotado nos pênaltis na final da Taça Rio, garantindo o título estadual ao tima da Gávea.

"Vamos pensar jogo após jogo, degrau a degrau. Não podemos pensar em um confronto sem antes pensar no Atlético-PR. Vamos para a Arena da Baixada pensando em jogar. Depois, pensamos no Flamengo", declarou o volante Rômulo. Na quarta, o Vasco enfrenta o Furacão na Arena da Baixada, às 21h50, pelo jogo de ida. A vaga às semifinais será decidida em São Januário, dia 11 de maio.

Felipe fez coro com o jogador. Experiente, sabe que qualquer declaração neste sentido acirraria a rivalidade e faria o adversário saborear a dor de cotovelo vascaína. O meia cruzmaltino prefere se concentrar somente na fase atual da Copa do Brasil. Pensar em Flamengo no momento é tirar o foco do importante jogo de quarta.

"Jogar lá dentro é muito difícil. Não dá para pensar em ir além. Temos que encarar o jogo com o Atlético-PR com uma decisão. Vamos para a Arena da Baixada respeitando o adversário, mas pensando em fazer um golzinho, pois isso vai nos dar tranquilidade para o jogo de volta", advertiu Felipe.

 

 

Leia tudo sobre: vascorômulofelipe

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG