Ramon crê que rival perde tempo. Dedé elogia Gaúcho, que acalmou o time até a chegada de Ricardo Gomes

O Vasco sabe bem o que é ser dirigido por um técnico interino. Antes do acerto com Ricardo Gomes, o time foi comandado duas vezes (Flamengo e Americano) pelo auxiliar Gaúcho, ex-zagueiro do clube nos anos 70. Sem uma linha de trabalho definida, os jogadores se sentiram um pouco perdidos. O lateral-esquerdo Ramon acredita que o Fluminense, rival de domingo no Engenhão, sofre desde a saída de Muricy Ramalho.

“É ruim ficar com interino. Não vai ser em dois ou três que ele vai implantar a sua filosofia”, ponderou Ramon.

Ao comparar a situação do Vasco com a do Fluminense, Dedé viu pontos positivos a favor do time de São Januário. Segundo o zagueiro, antes de chegada de Ricardo Gomes, Gaúcho ajudou a acalmar o ambiente entre os jogadores. Com Paulo César Gusmão, o time havia perdido três jogos seguidos.

“Com o Gaúcho aqui, nós evoluímos. Tanto que o Ricardo chegou e a equipe já estava mais tranquila. Passamos a ganhar e a jogar bem”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.