Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores do São Paulo dizem ter confiança no interino Milton Cruz

Rivaldo e Rhodolfo elogiaram o técnico que vai comandar o time nos jogos contra Libertad e Coritiba

Gazeta |

Após o desembarque no início da tarde e a despedida de Adilson Batista no CCT da Barra Funda, Milton Cruz começou seu comando interino do São Paulo. O coordenador técnico, avesso a ser efetivado, estará à frente da equipe pelo menos nos dois próximos jogos, contra Libertad e Coritiba, ambos no Morumbi.

São Paulo está em sexto lugar no Brasileirão. Veja a tabela

O homem de confiança do presidente Juvenal Juvêncio ainda não teve muito trabalho. Os titulares realizaram apenas uma atividade regenerativa na piscina, enquanto os outros atletas fizeram reforço muscular no Reffis. Tudo com portões fechados, até para privar o último dia de Adilson Batista no lugar em que morou nos últimos três meses.

O interino terá que mostrar mais trabalho na tarde desta terça-feira, véspera do confronto contra o Libertad, do Paraguai, que inicia a participação do clube nas oitavas de final da Copa Sul-americana. E Milton pode ficar tranquilo: o elenco já o abraça.

"O Milton Cruz vai dar conta do recado porque é uma pessoa muito boa que sempre entra e o grupo respeita. E costuma sorte", enalteceu Rivaldo, que iniciou sua maior sequência como titular na equipe exatamente quando o coordenador esteve no banco.

Leia também: Luis Fabiano defende Adilson e fala em assumir responsabilidade

Comandante na transição entre Paulo Cesar Carpegiani e Adilson, Milton Cruz conseguiu vitórias sobre Cruzeiro e Inter. E o sucesso tem sido a marca do ex-jogador para suprir a falta de um treinador, principalmente no Morumbi, com três vitórias em três jogos no comando da equipe em seu estádio - talvez consequência do galho de arruda que ele sempre coloca atrás da orelha para dar sorte.

Milton ainda tem no currículo o feito de levar o Tricolor novamente à Libertadores depois de dez anos ao dividir a função de técnico com o preparador de goleiro Roberto Rojas no Campeonato Brasileiro de 2003. Resultados que, aliados à personalidade agregadora, fazem o elenco adorá-lo.

"É um cara muito gente boa, gostamos muito dele. Já comandou a equipe outras vezes sem problema, nos conhece muito bem a gente. Pode dar certo", apostou Rhodolfo. "Neste momento, temos que torcer pelo Milton Cruz. A diretoria vai ter tranquilidade para contratar um bom treinador. Espero que dê certo e ele possa conseguir as vitórias que o São Paulo necessita", completou Rivaldo.

Leia tudo sobre: são paulobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG