Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores do Grêmio evitam brincadeiras com Mário Fernandes

Zagueiro, após dizer não à seleção brasileira, recebe apoio dos colegas de trabalho

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Gazeta Press
Mário treina normalmente no Grêmio
A polêmica decisão de não servir a seleção brasileira mudou a relação de Mário Fernandes com os colegas de Grêmio . Para manter o “bom astral”, os jogadores evitam fazer brincadeiras com o zagueiro. A ideia é evitar tumultuar o ambiente na reta final do Brasileirão.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

“É uma situação delicada e pode criar um aborrecimento ainda maior. O pessoal tem respeitado. A gente procura dar força, apoiar e conversar com ele. Sempre no sentido de deixar ele com bom astral para que possa nos ajudar. Brincar com uma coisa dessas pode ser um tiro no pé", revelou o goleiro Victor.

O caso é diferente do caso do desaparecimento do jogador, em 2009. Na época, após voltar a trabalhar, os colegas fizeram piadas sobre o assunto. O meia Souza, atualmente no Fluminense, o apelidou de “Doril”.

Victor, que esteve com o jovem defensor em Córdoba, na primeira partida do Superclássico das Américas, não notou mudança. Disse apenas que o fato foi inusitado:

"Lá, o Mário se mostrou bem enturmado com o pessoal, mas é uma decisão dele. Uma opção dele. Claro que foi uma surpresa, mas não cabe a nós julgar ou analisar. Na verdade, ele é um jogador importante para a gente. Tem nos ajudado muito e tenho certeza que, independente da situação, vai continuar nos ajudando.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011mário fernandes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG