Tamanho do texto

Resultado manteve equipe tricolor dentro da zona de classificação para a Copa Libertadores do ano que vem

A meta do Fluminense era conquistar os três pontos em Curitiba, diante do Atlético-PR , e se aproximar da luta pelo título . No entanto o empate alcançado somente aos 48 minutos do segundo tempo foi bastante festejado pelos jogadores tricolores. Se o Vasco , atual líder do Brasileiro, pode abrir até oito pontos de vantagem sobre o Fluminense neste domingo, o pontinho conquistado na Arena do Baixada mantém a equipe tricolor na quinta colocação.

Autor do gol de empate do Fluminense, Fred reclamou da arbitragem e ressaltou a responsabilidade que é cobrar um pênalti aos 48 minutos do segundo tempo. “A gente teve três pênaltis, mas no último saiu. Graças a Deus eu tive a felicidade de bater bem, pois era complicado, um momento em que não podia errar.”, disse o capitão tricolor.

Quem também saiu satisfeito com o resultado foi o zagueiro Márcio Rozário , que entrou na partida ainda no primeiro tempo, no lugar de Gum , que saiu machucado. “Saímos perdendo por 1 a 0, mas nunca nos desorganizamos. Fomos para cima, sempre organizados, e conseguimos marca na hora certa. Saímos com o empate que é uma boa para a gente”, disse Márcio Rozário, que foi apoiado por Mariano .

“Estamos comemorado o ponto conquista, fizemos um ponto fora de casa, somamos fora de casa”.

O zagueiro Leandro Euzébio foi outro que saiu de campo bastante satisfeito com o empate diante do Atlético-PR. O defensor lamentou apenas o desempenho da arbitragem, que segundo ele tem sido um problema crônico no futebol brasileiro. “A gente sabia que seria difícil o jogo aqui dentro. A arbitragem no Brasil tem de ter uma melhora, ou todas as partidas vão acabar como acabou aqui em Curitiba”.