Tamanho do texto

O técnico Abel também comandou um treino tático e treinou exaustivamente jogadas de bola parada

Nelson Perez/Fluminense.F.C
Conca treinou jogadas de bola parada sobo olhar atento de Abelão
O elenco do Fluminense não tem tido moleza desde a chegada de Abel Braga e sua comissão técnica . Nesta quinta-feira não foi diferente. Sob o comando do preparador físico Cristiano Nunes, os jogadores passaram mais da metade da atividade sem ver a cor da bola. Divididos em dupla, eles deram piques, fizeram dezenas de abdominais e realizaram um trabalho específico de explosão. Tudo sob olhar atento do comandante.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Após a ralação, Abel Braga comandou um treino tático em campo reduzido bem diferente do habitual. O treinador separou apoiadores e atacantes dos laterais e zagueiros. Enquanto os homens de meio-campo e de frente buscavam o gol, os defensores foram posicionados atrás dos gols e nas laterais do campo e atuaram como curingas.

Na última parte do treinamento, o técnico treinou exaustivamente as jogadas de bola parada. Primeiro, pela direita, com Mariano e Conca cruzando bolas na área. Depois, pela esquerda, com Carlinhos e Souza . Por fim, Abel treinou várias jogadas ensaiadas na entrada da área para Conca e Ciro finalizarem.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

O aproveitamento da dupla não foi dos melhores, principalmente, pelo ótimo desempenho de Diego Cavalieri , agora titular, que se destacou no treinamento. Na outra metade do campo, Rafael Moura fez um trabalho intenso de finalizações sob o comando do auxiliar técnico, Leomir.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.