Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores do Flamengo querem evitar correr atrás do placar

Invicto no Brasileiro, time só saiu na frente uma vez, na primeira rodada, quando venceu o Avaí por 4 a 0

Gazeta |

Vipcomm
Ronaldinho Gaúcho em ação na virada contra o Atlético-MG
Mesmo ocupando apenas a sétima colocação do Campeonato Brasileiro, com 10 pontos conquistados, o Flamengo tem muito a comemorar na competição. Como, por exemplo, o fato de possuir o ataque mais positivo, com 13 gols, e ser um dos dois únicos invictos na competição (o Corinthians é o outro). Porém, o que mais parece ser motivo de orgulho para a torcida é o poder de reação.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

Em quatro dos seis confrontos disputados até o momento, o Flamengo começou perdendo, mas conseguiu em todos, no mínimo, empatar. Em apenas um o time saiu na frente (4 a 0 sobre o Avaí na primeira rodada) e outro terminou 0 a 0 (com o Botafogo). Os jogadores, porém, parecem incomodados com essa situação e desejam não mais ficar atrás no marcador.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e convide seus amigos

Na segunda rodada, o Flamengo esteve duas vezes atrás no marcador contra o Bahia, mas se recuperou e virou para 3 a 2. No fim, porém, cedeu o empate em 3 a 3, resultado que até hoje incomoda o técnico Vanderlei Luxemburgo.

Na rodada seguinte, na despedida de Petkovic, o Corinthians fez 1 a 0, mas o Flamengo recuperou a igualdade. O 1 a 1 se repetiu na Arena da Baixada, depois de o Atlético-PR ter aberto o placar. Por fim, no sábado passado, o Atlético-MG saiu em vantagem, mas o time conseguiu uma grande virada, goleando por 4 a 1.

"Ainda não perdemos na competição e isso é um fator importante, mas o nosso objetivo é não sair mais atrás no marcador, pois sabemos que uma hora podemos não recuperar. Mas o Flamengo está no caminho certo", disse o lateral-direito Leonardo Moura.

Outro a exibir otimismo quanto ao futuro, tendo por base o poder de reação da equipe na temporada, é o meia Renato: "Mostramos contra o Atlético-MG nossa garra e nosso poder de reação. Sabemos do nosso potencial e conseguimos colocá-lo em prática. O time manteve, mais uma vez, uma boa posse de bola e trocou passes com eficiência. Acredito que assim conquistamos o resultado", afirmou o camisa 11.

null

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG