Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores do Flamengo absorvem pressão por série sem vencer

Nos últimos oito jogos no Brasileiro, time ganhou três pontos e tem clássico com o Botafogo pela frente

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Alexandre Vidal/Fla Imagem
Thiago Neves treina no Ninho do Urubu
Se o Flamengo tropeçar contra o Botafogo, domingo, às 16h, no Engenhão, vai bater o seu recorde de jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro. O time jamais ficou nove jogos sem conseguir uma vitória e os jogadores sofrem com essa pressão. Os maus resultados derrubaram os comandados do técnico Vanderlei Luxemburgo da vice-liderança para a sexta colocação, afinal somou apenas três pontos em 24 possíveis.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e coloque o time em 1º no ranking

“É complicado ficar nessa situação, você perde muita coisa. Mas, mesmo tropeçando, os outros também não conseguiram disparar. O problema é que a confiança do jogador diminui. Domingo, acaba isso. Cada um vai confiar no futebol que tem. A pressão vai existir mesmo ganhando. Vencer é importante para a nossa posição na tabela”, disse Thiago Neves, sem encontrar explicação para a má fase. “Eu queria saber”.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

O momento de instabilidade do Flamengo já era esperado até pelos jogadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo. Numa competição com 38 rodadas, a previsão de uma queda de produção existia no planejamento. Altos e baixos são considerados normais dentro de um campeonato equilibrado.

“Oito jogos é muita coisa. Aqui no Flamengo, com dois ou três jogos sem vencer, o time já seria questionado”, comentou Renato, que comparou a situação com um relacionamento. “Tem sempre um atrito, um que não gosta do outro. Para reconquistar a vitória tem que procurar fazer coisas boas, detalhes, acertar mais. Minhas maiores brigas em casa foram por causa de derrota no trabalho. Sei dividir bem, mas às vezes levo trabalho para casa”.

Com 36 pontos, o Flamengo tem quatro a menos do que o Botafogo, seu adversário de domingo. O Corinthians lidera a competição, com 43. A confiança na conquista do título ainda existe, apesar da diferença para a primeira colocação.

“Nesse ano, o Corinthians chegou a abrir oito pontos, se não estou enganado. Claro que, agora, faltam 16 jogos para o fim. Quando os outros tropeçarem, precisamos pontuar”, afirmou Renato. “Nada melhor do que um clássico para mudar essa situação. Temos que respeitar o nosso momento. Não adianta querer dar show”.

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG