Na saída do campo, Ronaldinho Gaúcho acusou Heber Roberto Lopes de ter ameaçado os rubro-negros

Após permitir o empate do Figueirense depois de estar vencendo por 2 a 0 , com dois gols de Deivid , o Flamengo deixou o gramado do Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, irritado. Os jogadores do time carioca apontaram o árbitro Heber Roberto Lopes como responsável direto pelo mau resultado, que impediu o time de assumir a liderança do Brasileirão.

Siga o iG Flamengo no Twitter e receba as notícias do time em tempo real

Um dos mais revoltados era o capitão Ronaldinho Gaúcho . O jogador, que recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Atlético-GO , quinta-feira, às 21h, no Engenhão, o camisa 10 acusou o árbitro da partida de ameaçar os jogadores do Flamengo no empate com o Figueirense.

null

“É uma vergonha um árbitro ficar ameaçando os jogadores dentro de campo. Eu fui dizer que ele não tinha esse direito e ele me aplicou o cartão amarelo”, explicou Ronaldinho.

Disciplinado dentro de campo durante toda sua carreira, o craque rubro-negro disse ainda que não vai se intimidar com a atitude de Heber Roberto Lopes.

“Eu nunca faltei com respeito com nenhum deles e não vou admitir isso. Eu não comecei no futebol ontem e vou continuar repudiando esse tipo de comportamento”, afirmou o jogador.Quem também deixou o campo irritado foi Renato Abreu . O apoiador, que também foi premiado com o terceiro amarelo e está fora do jogo de quinta-feira, foi mais econômico na reclamação.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

“Por que o Flamengo permitiu o empate do Figueirense? Pergunta para o árbitro”, retrucou o camisa 11 ao repórter da TV Globo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.