Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores do Estudiantes pedem a Verón que adie sua aposentadoria

Volante argentino planeja parar no próximo domingo, mas companheiros querem "hora extra" de mais seis meses

EFE |

Vippcom
Em 2009, Verón levantou a taça de campeão da Libertadores pelo Estudiantes
O elenco do Estudiantes, da Argentina, pediu nesta quarta-feira ao volante Verón que adie em seis meses sua aposentadoria, que a princípio está prevista para o próximo domingo. Três jogadores da equipe, o zagueiro Leandro Desábato, o meia Rodrigo Braña e o atacante Gastón Fernández, fizeram essa solicitação durante entrevista coletiva.

Abel Braga comemora Boca na Libertadores

"Como grupo, pedimos a Verón que nos acompanhe por mais seis meses", disse Desábato, antes de afirmar que o jogador ficou "comovido" com o pedido. "Acreditamos que ainda pode fazer coisas importantes para o clube. Para nós, é uma referência. Não é para comprometê-lo, apenas para tentar tê-lo por mais seis meses", sustentou Fernández.

Leia também: Ex-árbitro internacional não se empolga com tecnologia no futebol

O pedido vem ao encontro das tentativas de Miguel Pires, representante do jogador, que disse estar fazendo "o possível" para que Verón, de 36 anos, continue no Estudiantes até junho. O presidente do Estudiantes, Enrique Lombardi, é outro a entrar no coro e pedir que 'La Brujita' siga no clube, ao assinalar que o jogador é "imprescindível".

Em outubro passado, o meia anunciou que no final de dezembro penduraria as chuteiras porque não conseguiu recuperar-se totalmente de uma recente operação no tornozelo direito. Com a camisa da seleção argentina, Verón jogou as Copas do Mundo da França, em 1998, da Coreia do Sul-Japão, em 2002, e da África do Sul, em 2010.

Leia tudo sobre: futebol mundialargentinaestudiantesverón

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG