Treinador do Atlético-MG trabalhou recentemente no time azul e tem vários admiradores na Toca da Raposa

"Amigos, amigos. Negócios à parte". O ditado popular bem que se encaixa na atual situação dos jogadores do Cruzeiro nas vésperas do grande clássico contra o Atlético-MG , no próximo domingo, às 18h. A admiração e a amizade pelo técnico Cuca , hoje no comando do maior rival, eles não escondem. Mas garantem que, quando a bola rolar, cada um vai defender seus objetivos.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

O armador Montillo falou com carinho do ex-treinador do Cruzeiro, responsável direto pela sua chegada e adaptação ao futebol brasileiro. "Cuca me trouxe para jogar no futebol brasileiro. Lembro muito bem dele. Agora está do outro lado. Ele sabe que tenho um carinho especial por ele. Mas dentro do campo é Cruzeiro x Atlético-MG, não Montillo contra Cuca. Faço meu trabalho aqui e ele lá. Se ele colocar marcação forte em mim, temos outros jogadores que podem fazer a diferença", disse Montillo.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

Cuca ganhou a admiração dos jogadores do Cruzeiro na passagem recente pelo clube mineiro
Vipcomm
Cuca ganhou a admiração dos jogadores do Cruzeiro na passagem recente pelo clube mineiro

O zagueiro Léo afirmou que o treinador pode preparar alguma surpresa no clássico por já conhecer o elenco cruzeirense. "Minha relação com o Cuca foi sempre tranqüila. Sempre respeitei. É um treinador que pode aprontar uma certa surpresa. Por conhecer muito o nosso grupo, vai tentar neutralizar alguns pontos fortes, alguns jogadores. A gente tem que ter esse contra-veneno para vencer a partida", disse o defensor do Cruzeiro.

Se nos jogos comuns o técnico Joel Santana já faz mistério sobre qual será o time titular, antes do clássico revelar a escalação é tema proibído na Toca da Raposa. "O treinador do lado de lá conhece muito o nosso grupo. Vamos trabalhar forte durante a semana", disse Joel em tom misterioso.

O atacante Anselmo Ramon , que ganhou espaço com Cuca no Cruzeiro, acredita que Joel também conhece bem o Atlético-MG. "Do mesmo jeito que ele (Cuca) conhece nossa equipe, o professor Joel conhece a equipe deles. Lógico que ele teve a convivência aqui, sempre com a gente. Por isso tem que estar sempre esperto ali no jogo, não podemos vacilar no clássico, pois uma jogada pode definir a partida", ressaltou o atacante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.