Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores do Cruzeiro aprovam treino com apoio da torcida

A gente se sente motivado, é prazeroso estar num grande clube por esses torcedores que saem de casa, tomam chuva, disse o volante Henrique

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860170679&_c_=MiGComponente_C

Prestes a encarar o jogo mais importante desta temporada, o Cruzeiro resolveu trazer os torcedores para perto de seu elenco, e abriu para o público o treinamento da última quinta-feira, realizado na Toca da Raposa I. A resposta dos fãs do clube foi grandiosa e, segundo estimativas, 1,3 mil pessoas foram ao local para dar apoio aos jogadores que enfrentarão o Corinthians, às 19h30 (horário de Brasília) do próximo sábado, no Pacaembu, em disputa direta pela ponta da tabela do Campeonato Brasileiro. Para os atletas cruzeirenses, a atitude da diretoria foi aprovada.

"Você vê as pessoas saírem de casa, tomar chuva e vir apoiar os jogadores num treinamento somente. A gente se sente motivado, é prazeroso estar num grande clube por esses torcedores que saem de casa, tomam chuva. Isso contagia", afirmou o volante Henrique, em declaração ao site oficial do Cruzeiro.

Vipcomm
Nem a chuva afastou a torcida do treino: 1,3 mil compareceram, segundo o Cruzeiro


Segundo os diretores do clube mineiro, a ideia de abrir o treinamento para os torcedores teve relação com a distância que os torcedores de Belo Horizonte vêm tendo do time, uma vez que, com as obras que estão sendo realizadas no Mineirão, o Cruzeiro tem mandado os seus jogos do Campeonato Brasileiro em Sete Lagoas e Uberlândia.

Para o técnico Cuca, a presença da torcida é mais um elemento de motivação para os jogadores cruzeirenses, que devem estar cientes de suas obrigações dentro de campo.

"Às vezes você fica treinando num ambiente fechado e não sabe o tamanho da sua responsabilidade. Isso aqui passa para nós a exata dimensão do que a gente leva nas costas. A responsabilidade de quantos milhões, que hoje se fizeram como exemplo nesses milhares que estavam aqui. Isso é importante", resumiu o comandante.

Vipcomm
Torcida mostra seu apoio: time tem "final" contra o Corinthians no sábado

Em meio à festa pela presença da torcida, Cuca não descuidou da seriedade na condução do trabalho em frente ao clube, e afirmou que não acredita que o treinamento aberto possa ter qualquer conseqüência negativa.

"Aqui ninguém fez 'oba-oba' ou festa. Nós fizemos um treino muito sério, com a presença do torcedor o qual eu, particularmente, nunca estive diretamente com ele. Aqui em BH, foi a primeira vez, e muito favorável. Foi muito bom, houve respeito em todos os sentidos. Tomara que a gente possa fazer outros na sequência", afirmou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG