Atleta de 19 anos, que estava emprestado ao América-MG, foi assassinado na madrugada de sábado para domingo em Belo Horizonte

Os jogadores do Corinthians foram cumprir uma outra missão após vencer o Palmeiras no domingo: dar o último adeus ao ex-companheiro William Morais , revelação do clube de Parque São Jorge que estava emprestado ao América-MG, e foi assassinado na madrugada de sábado para domingo ao reagir a um assalto, em Belo Horizonte.

Ralf, Dentinho, Bruno César, Jorge Henrique, Alessandro e Chicão foram os atletas que compareceram até o momento na Catedral Santo Antônio, em Osasco, aonde o corpo está sendo velado. Além deles, o massagista Ceará também esteve presente.

O enterro será realizado às 16h (horário de Brasília), no cemitério da Rua Antonio Russo, 175, no Jardim Veloso. Sensibilizado pelo acontecimento, o presidente Andrés Sanchez prometeu dar toda assistência aos pais do atleta. "Quero me solidarizar à família do nosso atleta. O Corinthians e o América-MG estão dando toda assistência possível a ela", afirmou.

Amigos carregam o caixão de William Morais, assassinado na madrugada do último domingo em BH
Futura Press
Amigos carregam o caixão de William Morais, assassinado na madrugada do último domingo em BH

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.