Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores do Atlético esperam reverter apatia mostrada na Arena

"Nosso primeiro tempo foi horrível. O Atlético de verdade é aquilo que fez no segundo tempo", disse Madson

Gazeta |

Derrota em casa para o pequeno Arapongas por 2 a 1, logo no pontapé inicial do Campeonato Paranaense, não estava nos planos do Atlético-PR, que prometeu encarar a competição como uma das prioridade na temporada. Um dos estreantes da tarde, o meia-atacante Madson não teve o primeiro jogo que esperava com a camisa atleticana, mas conseguiu enxergar dentro da própria partida um bom potencial do time.

"Lógico que não foi o jogo que queríamos. Sabíamos que a parte física ia pesar nesse começo de campeonato. Mas nosso primeiro tempo foi horrível. O Atlético de verdade é aquilo que fez no segundo tempo", afirmou o jogador, que espera que o time não apresente mais a apatia dos primeiros 45 minutos. "Temos que tirar proveito do nosso segundo tempo. E, se a gente realmente quiser chegar às finais, temos que pensar em pontuar", decretou.

A insatisfação do time não parou em Madson. Autor do primeiro gol do Atlético-PR na temporada, e único do time da partida, o lateral Paulinho acredita que, melhor do que lamentar o tropeço em casa, o ideal é conquistar uma vitória na quarta-feira, diante do Corinthians-PR. "Infelizmente foi assim, mas agora não adianta lamentar. Vamos buscar o resultado fora de casa no meio de semana", ponderou.

Bem marcado, principalmente no primeiro tempo, o meia Paulo Baier não conseguiu desequilibrar, e admite que a equipe rubro-negra iniciou um pouco desligada e, quando entrou no jogo, era tarde. "É assim mesmo, são coisas que acontecem. A gente tem que entrar ligados no jogo. Não dá para entrar no jogo a 10 por hora e eles a mil", finalizou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG