Tamanho do texto

Atletas do Catanzaro reclamam de salários atrasados. Time perdeu 11 vezes em 14 jogos pela quarta divisão da Itália

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882600984&_c_=MiGComponente_C

Os jogadores do Catanzaro, que há meses não recebem salários da equipe do sul da Itália, resolveram protestar sentando-se em campo pouco depois do início da partida contra o Pomezia, válida pela Segunda Divisão da Lega Pro (Lega Pro 2, a quarta divisão italiana).

A equipe adversária não pôde tirar vantagem do protesto, já que a partida foi paralisada. Após um minuto sentados, os atletas do Catanzaro se levantaram e partiram para o jogo. No fim das contas, 2 a 0 para o Pomezia e 11ª derrota do time do sul da Itália em 14 jogos na competição (a equipe ainda não venceu).

Reprodução
Com dois pontos em 14 jogos, Catanzaro está a nove do penúltimo colocado

Para piorar, apesar de ter empatado três jogos, o Catanzaro está com apenas dois pontos no campeonato, já que foi punido com a perda de um ponto pela Comissão Disciplinar da Itália. Os jogadores do clube vêm ameaçando entrar com um processo contra a instituição, o que pode deixar a situação ainda mais complicada.

Em crise dentro e fora de campo, o Catanzaro está oficialmente à venda desde a concretização de sua inscrição na Segunda Divisão da Lega Pro. Até agora, porém, não recebeu nenhuma oferta concreta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.