Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores da Itália decidem manter ameaça de greve

Atletas já tinham prometido parada nos dias 25 e 26 de setembro, mas greve foi suspensa. Novo prazo para acordos com Federação Italiana é 30 de novembro

Agência Estado |

A Associação Italiana de Jogadores de Futebol anunciou nesta sexta-feira que seus associados reforçaram a intenção de entrar em greve caso não seja assinado um novo acordo coletivo com os clubes da primeira divisão do Campeonato Italiano até o dia 30 de novembro. A ameaça feita agora é resultado da pequena evolução conseguida nas reuniões entre as partes envolvidas.

Em busca de um novo acordo coletivo de trabalho, os jogadores do futebol italiano já tinham prometido fazer greve nos dias 25 e 26 de setembro, o que paralisaria todos os campeonatos do país. Mas, depois de várias reuniões para chegar a um entendimento, a greve foi suspensa. Na ocasião, porém, foi dado um novo prazo, até 30 de novembro, para chegar a um acordo.

Desde então, quase não houve evolução nas negociações entre os representantes dos atletas, da Federação Italiana de Futebol e da liga que organiza o Campeonato Italiano. Diante disso, a Associação dos Jogadores avisou nesta sexta-feira que mantém a promessa de fazer a greve, em data ainda indefinida, se não houver acordo até o dia 30 de novembro.

Leia tudo sobre: futebol internacionalitaliano 2010itália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG