Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogadores causam constrangimento ao Bahia com uso de tranquilizantes

Sem consentimento médico, quatro atletas ingeriram tranquilizantes no voo de Salvador para São Paulo e ficaram de fora contra o Bragantino

Gazeta Esportiva |

Márcio Araújo não estava nada tranquilo cerca de meia hora antes da partida contra o Bragantino, neste domingo. Enquanto o cantor de axé Ricardo Chaves se apresentava no gramado do Morumbi, o técnico do Bahia precisava resolver um problema de última hora causado por quatro de seus jogadores: os atacantes Rodrigo Grahl e Mendes e os laterais Ávine e Diego Corrêa.

Sem consentimento médico, o grupo ingeriu tranquilizantes no voo de Salvador para São Paulo. "Só fui informado quando os atletas estavam realizando aquecimento. Foi muito constrangedor para o Bahia!", reclamou Márcio Araújo, inconformado. Para não correr risco de suspensões por doping, Rodrigo Grahl, Mendes, Ávine e Diego Corrêa sequer assinaram a súmula da partida. A equipe ficou com apenas três jogadores no banco de reservas.

A comissão técnica do Bahia e os atletas envolvidos desconversaram sobre o motivo da ingestão dos tranquilizantes. Cogitou-se que a atitude tenha sido uma forma de protesto contra a diretoria do clube. "Ainda não conversei com os jogadores sobre isso, mas acho que não houve dolo nem maldade. O que ocorreu foi uma total falta de responsabilidade por parte deles. Nunca tinha visto algo assim na minha carreira!", criticou Márcio Araújo, sem falar em punições. "Também não vou fazer análise em cima do caráter deles."

Segundo o treinador, as ausências dos quatro jogadores (Mendes seria reserva) foram decisivas para a derrota do Bahia para o Bragantino, por 2 a 0. "Estou constrangido com o que aconteceu. Tivemos que mudar todo o trabalho da semana de um instante para o outro, no aquecimento, em menos cinco minutos. O Felipe teve que ser improvisado na lateral esquerda, e o Lenine nem imaginava que jogaria. Foi irresponsabilidade!", repetiu Araújo.

Leia tudo sobre: bahiasérie b

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG