Grêmio mudou esquema de jogo e filosofia de trabalho com novo técnico

Insuficiente para dar a sua cara ao Grêmio , os seis treinos dados por Julinho Camargo, desde que foi anunciado como substituto de Renato Gaúcho, foram suficientes para os jogadores perceberem a mudança do perfil do comandante. A principal foi a troca do 4-4-2, com meio campo em forma de losango, para o 4-5-1, com meias lateralizados e um atacante.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

O primeiro a perceber as diferenças foi o centroavante André Lima:

"O Julinho trabalha muito a parte tática. É claro que a gente não vai ver resultado em dois ou três dias. Tem que ter paciência, esperar. Queremos ver evolução no próximo jogo".

Ele será contra o Coritiba, neste domingo, às 16h, no Olímpico . Douglas, isolado na criação, espera ajuda de Escudero e Leandro para pode abastecer o ataque.

"Eles têm de dar opções de passe, fechar no meio. O Julinho está orientando para que todos fiquem próximos uns dos outros. É um cara inteligente", disse o meia.

Segundo o capitão Fábio Rochemback, a compactação do time é o pensamento dominante no grupo.

"É para jogarmos juntinhos, dando uma cara nova. Ele gosta bastante de organização, estuda bastante".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.